ROMERO, M.; KIIHL, J. P. Identidade e variação semânticas do verbo SECAR no português do Brasil. Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978), [S. l.], v. 48, n. 3, p. 1568–1582, 2019. DOI: 10.21165/el.v48i3.2259. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/2259. Acesso em: 16 jul. 2024.