Ramos, P. (2016) “Tira ou tirinha? Um gênero com nome relativamente instável”, Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978), 42(3), p. 1281–1291. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/931 (Acessado: 24 julho 2024).