1.
Romero M, Kiihl JP. Identidade e variação semânticas do verbo SECAR no português do Brasil. Estudos Linguisticos [Internet]. 18º de dezembro de 2019 [citado 14º de julho de 2024];48(3):1568-82. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/2259