Variação e mudança linguísticas e preservação da informação

Deize Crespim Pereira

Resumo


O objetivo deste trabalho é refletir sobre a influência do fator linguístico status informacional em dois fenômenos de variação e mudança linguística no português popular brasileiro: (i) a realização x não-realização do pronome reflexivo e (ii) a aplicação x não-aplicação da concordância verbal de 1ª pessoa do plural. O corpus se compõe de inquéritos do Projeto Português Popular em São Paulo e do Projeto Filologia Bandeirante. Os pressupostos teórico-metodológicos são retirados da Linguística Funcional e da Sociolinguística Variacionista Laboviana. Os resultados da análise quantitativa dos dados mostram que existe uma tendência de preservar a informação referencial em contextos nos quais esta veicula informação nova. Assim, tanto a concordância verbal quanto o pronome reflexivo tendem a ser realizados pelo falante, quando sua ausência implica comprometimento da informação.

Palavras-chave


Linguística Funcional; preservação da informação; Português Popular Brasileiro

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)