Do jornalístico ao jurídico e do jurídico ao jornalístico: a construção do argumento

Maria Helena Cruz Pistori

Resumo


Este trabalho visa à compreensão do modo como o discurso jurídico e o jornalístico dialogam e constroem argumentos, com o fim de posicionarem-se axiologicamente. Por meio da análise dialógica do discurso, de inspiração no Círculo de Bakhtin, são analisados enunciados concretos constantes dos jornais Correio Braziliense e Folha de S. Paulo, e seu diálogo com as Contra-razões da defesa de um dos acusados no caso de assassinato de um índio pataxó. A análise considera, inicialmente, os diferentes gêneros dos enunciados em questão e suas respectivas coerções; a seguir, as relações dialógicas entre eles e os diferentes modos de discursos citados, respostas compreensivo-ativas, reveladoras de atitudes avaliativas de locutores. Nos textos analisados, observou-se nítida divergência de valores, refletindo e refratando o que ocorre em nossa sociedade.


Palavras-chave


discurso jornalístico; discurso jurídico; diálogo; Bakhtin; argumentação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)