O comportamento do verbo modal poder no discurso de autoajuda: uma investigação no português e no espanhol

Anna Flora Brunelli, Sandra Denise Gasparini Bastos

Resumo


Neste trabalho, procuramos contribuir com os estudos referentes ao emprego do verbo modal poder na condição de verbo auxiliar, investigando, de uma perspectiva funcionalista, como esse verbo se comporta no português brasileiro e no espanhol peninsular, no discurso de autoajuda. Para tanto, utilizamos a classificação das modalidades proposta por Hengeveld (2004), considerando especialmente as noções de alvo de avaliação e domínio de avaliação.


Palavras-chave


verbo poder; modalidade; discurso de autoajuda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)