A relação semântica de elaboração e a orientação argumentativa do discurso

Fernanda Abreu e Silva Alencar

Resumo


Neste artigo, analisamos a relação semântica de elaboração na modalidade falada e escrita do português brasileiro contemporâneo. Delimitamos nosso objeto de análise às elaborações que expandem um SN, procurando identificar os tipos de SN elaborados e os tipos de textos nos quais a elaboração está inserida. As diferenças mais relevantes dizem respeito ao tipo de SN elaborado: na escrita, predominam os rótulos com maior conteúdo semântico, tais como metalinguísticos e indiciais. Na fala, prevalecem SNs com baixo conteúdo semântico, genéricos e essencialmente fóricos. Apesar dessas diferenças, a elaboração desempenha papel similar nas duas modalidades: constitui importante estratégia de especificação/identificação de referentes e, além disso, desempenha papel de relevo na organização discursiva.


Palavras-chave


Elaboração; SN; Argumentação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)