A função retórica Suporte em português

Ana Paula de Oliveira

Resumo


O trabalho que ora se apresenta tem como objetivo investigar as relações estabelecidas por orações e sintagmas iniciados por além de no português. Para tanto, analisa ocorrências de língua falada, extraídas do córpus “Português oral”, organizado pelo Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, em parceria com a Universidade de Toulouse-le-Mirail e a Universidade de Provença-Aix-Marselha, tomando como aparato teórico a Gramática Discursivo-Funcional (HENGEVELD; MACKENZIE, 2008).


Palavras-chave


Gramática Discursivo-Funcional; função retórica; além de; adição

Texto completo:

PDF

Referências


BECHARA, E. Moderna Gramática Portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004.

BUTLER, C. S. Structure and function: a guide to three major structural functional theories. Part 1: approaches to the simple clause. Amsterdam; Philadelphia: J. Benjamins, 2003.

CAMACHO, R. G. Estruturas coordenadas aditivas. In: NEVES, M. H. M. (Org.). Gramática do Português Falado. v. VII: Novos Estudos. São Paulo: Humanitas/FAPESP; Campinas: Editora da UNICAMP, 1999. p. 351-405.

COMRIE, B. Tense. (Cambridge Textbooks in Linguistics). Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

CUNHA, C. Gramática do português contemporâneo. Belo Horizonte: Berbado Álvares S. A., 1970.

CUNHA, C. F.; CINTRA, L. Nova gramática do português contemporâneo. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

CUNHA, C. F.; CINTRA, L. Nova gramática do português contemporâneo. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

HALLIDAY, M. A. K. An Introduction to Functional Grammar. London: Edward, Arnold Publishers, 1985.

HENGEVELD, K. Adverbial clauses in the languages of Europe. In: VAN DER AUWERA, J. Adverbial construction in the languages of Europe. New York: Mouton de Gruyter, 1998. p. 335-419.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, J. L. Functional Discourse Grammar: A typologically based theory of language structure. Oxford: Oxford University Press, 2008.

KURY, A. da G. Novas lições de análise sintática. São Paulo: Ática, 1987.

MATHIESSEN, C.; THOMPSON, S. A. The structure of discourse and subordination. In: HAIMAN, J.; THOMPSON, S. A. (Ed.). Clause Combining in Grammar and Discourse. Amsterdam: John Benjamins, 1988. p. 275-329.

MÓDOLO, M. A estrutura aditiva “não só… mas também” de uma perspectiva multissistêmica. Estudos Linguísticos, XXXIV, p. 171-176, 2005.

NEVES, M. H. de M. Gramática de usos do português. São Paulo: Editora UNESP, 1999.

OLIVEIRA, T. P. A Hipotaxe de Adição. Revista do GEL, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 25-45, 2012a.

OLIVEIRA, T. P. A Oração Subordinada de Adição. Estudos Linguísticos. São Paulo, v. 41, n. 1, p. 90-100, 2012b.

PENHAVEL, E. Multifuncionalidade e níveis de análise: o papel do conectivo “e” na organização do discurso. 2005. 132 f. Dissertação (Mestrado em Análise Linguística) – Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, São José do Rio Preto, 2005.

PÉREZ QUINTERO, M. J. Adverbial Subordination in English: A Functionalist Approach. Amsterdam/New York: Rodopi, 2002.

PEZATTI, E. G. A Ordem de Palavras no Português. São Paulo: Parábola Editorial, 2014.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v47i1.1951

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)