O padrão entoacional neutro do português de Guiné-Bissau: uma comparação preliminar com o português brasileiro

Vinícius Gonçalves dos Santos, Flaviane Romani Fernandes Svartman

Resumo


Este trabalho apresenta um estudo comparativo preliminar entre o padrão entoacional do português de Guiné-Bissau (PGB) e o padrão entoacional do português brasileiro (PB) no que se refere, especificamente, à associação de eventos tonais ao contorno de sentenças declarativas neutras. Para isso, descrevemos como se configura tal padrão entoacional no PGB e apresentamos quais as semelhanças e divergências entre este e a variedade brasileira de português. Concluímos, a partir dos resultados obtidos, que o PGB e o PB possuem características que os assemelham entoacionalmente, porém com algumas especificidades quanto a certas associações tonais que estão presentes em uma variedade e ausente s na outra.


Palavras-chave


português de Guiné-Bissau; português brasileiro; fonologia; entoação (fonologia); domínios prosódicos

Texto completo:

PDF

Referências


BANCO MUNDIAL. The World Bank: Guinea-Bissau. 2012. Disponível em: . Acesso em: ago. 2013.

BOERSMA, P.; WEENINK, D. Praat: doing phonetics by computer (version 5.3.52). Software, 2012. Disponível em: . Acesso em: jun. 2013.

COUTO, H.; EMBALÓ, F. Literatura, língua e cultura na Guiné-Bissau: um país da CPLP. Papia – Revista Brasileira de Estudos Crioulos e Similares, v. 20, p. 11-253, 2010.

D’IMPERIO, M.; ELORDIETA, G.; FROTA, S.; PRIETO, P.; VIGÁRIO, M. Intonational Phrasing in Romance: the role of prosodic and syntactic structure. In: FROTA, S.; VIGARIO,M.; FREITAS, M. J. (Ed.). Prosodies, Phonetics & Phonology Series. Berlin: Mouton de Gruyter, 2005. p. 59-97.

ELORDIETA, G.; FROTA, S.; VIGÁRIO, M. Subjects, objects and intonational phrasing in Spanish and Portuguese. Studia Linguistica, v. 59, n. 2-3, p. 110-143, 2005.

FERNANDES, F. R. Tonal association in neutral and subject-narrow-focus sentences of Brazilian Portuguese: a comparison with European Portuguese. Journal of Portuguese Linguistics, v. 6, n. 1, p. 91-115, 2007a.

FERNANDES, F. R.. Ordem, focalização e preenchimento em português: sintaxe e prosódia. 2007b.Tese (Doutorado em Linguística) – Unicamp, Campinas. 2007b.

FERNANDES-SVARTMAN, F. R. Acento secundário, atribuição tonal e ênfase em português brasileiro (PB). Estudos Lingüísticos, São Paulo, v. 38, n. 1, p. 47-58, 2009.

FERNANDES-SVARTMAN, F. R. Fatores determinantes na atribuição de acentos tonais em sentenças neutras do português. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE LINGUÍSTICA HISTÓRICA –CASTILHO, 2., 2012, São Paulo. Anais... São Paulo: Universidade de São Paulo, 2012. p. 302-305.

FROTA, S. Prosody and focus in European Portuguese: phonological phrasing and intonation. New York: Garland Publishing, 2000.

FROTA, S.; CRUZ, M.; VIGÁRIO, M. RLD – Romance Languages Database. Laboratório de Fonética, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Banco de dados online, 2012. Disponível em: . Acesso em: ago. 2013.

FROTA, S.; D’IMPERIO, M.; ELORDIETA, G.; PRIETO, P.; VIGÁRIO, M. The phonetics and phonology of intonational phrasing in Romance. In: PRIETO, P.; MASCARO, J.; SOLE, M.-J. (Ed.) Prosodic and Segmental Issues in (Romance) Phonology. Amsterdam: John Benjamins Publishing Company, 2007. p. 131-153.

FROTA, S.; VIGÁRIO, M. Aspectos de prosódia comparada: ritmo e entoação no PE e no PB. In: CASTRO, R. V; BARBOSA, P. (Org.). Actas do XV Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. v. 1. Coimbra: APL, 2000. p. 533-555.

FROTA, S.; VIGÁRIO, M. Intonational Phrasing in two varieties of European Portuguese. In: RIAD, T.; GUSSENHOVEN, C. (Ed.). Tones and Tunes. Berlin: Mouton de Gruyter, 2007. v. 1, p. 265-291.

HAYES, B.; LAHIRI, A. Bengali intonational phonology. Natural Language & Linguistic Theory, v. 9, n. 1, p. 47-96, 1991.

HOLM, J. Languages in contact: the partial restructuring of vernaculars. Cambridge: CUP, 2004.

HOLM, J. Partial restructuring. Dutch on the Cape and Portuguese in Brazil. In: WOUDEN, T. van der (Ed). Roots of Afrikaans: Selected writings of Hans den Besten. USA: John Benjamins Publishing Company, 2012. p. 399-417.

LADD, D. R. Intonational Phonology. 2. ed. Cambridge, Mass.: CUP, 2008 [1996].

NESPOR, M.; VOGEL, I. Prosodic Phonology. Dordrecht: Foris Publications, 1986.

OLIVEIRA, M. S. D.; BAIÓ, J. P.; INJAI, B. F. A inserção do “Contínuo Português Guineense” às variedades africanas de português. Todas as Letras, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 130-137, 2013.

PIERREHUMBERT, J. The phonology and phonetics of English intonation. 1980. 402 f. Tese (Doutorado) – Massachusetts Institute of Technology, Cambridge, Mass, 1980.

SÂNDALO, F.; TRUCKENBRODT, H. Some notes on phonological phrasing in Brazilian Portuguese. M.I.T. Working Papers In Linguistics, v. 42, p. 285-310, 2002.

SCHWINDT, L. C. O prefixo do português brasileiro: análise morfofonológica. 2000. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2000.

SCHWINDT, L. C. O prefixo no português brasileiro: análise prosódica e lexical. D.E.L.T.A., São Paulo, v. 17, n. 2, p. 175-207, 2001.

SELKIRK, E. O. Phonology and syntax: the relation between sound and structure. Cambridge, Mass.: The MIT Press, 1984.

SELKIRK, E. On derived domains in sentence phonology. Phonology Yearbook, v. 3, p. 371-405, 1986.

SELKIRK, E. The interaction of constraints on prosodic phrasing. In: HORNE, M. (Ed.). Prosody: Theory and Experiment. Netherlands: Kluwer Academic Publishers, 2000. p. 231-261.

SIMIONI, T. O clítico e seu lugar na estrutura prosódica do português brasileiro. ALFA, São José do Rio Preto, v. 52, n. 2, p. 431-446, 2008.

TENANI, L. E. Domínios prosódicos no português. 2002. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2002.

TENANI, L. E. O bloqueio do sândi vocálico em PB e PE: evidências da frase fonológica. Organon, v. 18, n. 36, p. 17-29, 2004.

TONELI, P. M. A palavra prosódica no PB: o estatuto prosódico das palavras funcionais. 2009. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2009.

VIGÁRIO, M. The prosodic word in European Portuguese. Berlin: Mouton de Gruyter, 2003.

VIGÁRIO, M.; FERNANDES-SVARTMAN, F. R. A atribuição de acentos tonais em compostos no português do Brasil. In: BRITO, A. M. et al. (Org.). XXV Encontro da Associação Portuguesa de Linguística: Textos Seleccionados. v. 1. Porto: Tip. Nunes, Ltda. – Maia, 2010. p. 769-786.

VIGÁRIO, M.; FROTA, S. The intonation of Standard and Northern European Portuguese. Journal of Portuguese Linguistics, v. 2, n. 2. Special Issue on Portuguese Phonology edited by W. L. Wetzels, p. 115-137, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)