Causa e condição: uma interpretação morfossintática e discursiva

Ana Paula Cavaguti, Flávia Bezerra de Menezes Hirata-Vale

Resumo


Neste trabalho, propõe-se o estudo sincrônico das orações adverbiais iniciadas pelas locuções conjuntivas “dado que”, “desde que” e “uma vez que” no português escrito do Brasil. Considerando que essas locuções conjuntivas podem expressar as relações de causalidade e de condicionalidade, a distinção entre uma interpretação e outra não é resultado apenas de fatores sintáticos, mas também de fatores de natureza semântica e pragmática. A análise se baseia em pressupostos teóricos funcionalistas como os de Hengeveld (1989), Hengeveld e Mackenzie (2008), Sweetser (1990), entre outros.


Palavras-chave


Locuções conjuntivas; orações causais; orações condicionais; funcionalismo

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, N. M. Gramática metódica da língua portuguesa. 16. ed. São Paulo: Saraiva, 1963. p. 300-455.

BECHARA, E. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009. p. 462-513.

COMRIE, B. Conditionals: a typology. In: TRAUGOTT, E. C. et al. (Ed.). On conditionals. Cambridge: Cambridge University Press, 1986. p. 77-99.

CUNHA, C.; CINTRA L. Nova gramática do português contemporâneo. 5. ed. Rio de Janeiro: Lexicon, 2008. p. 593-622.

DAVIES, M.; FERREIRA, M. Corpus do Português: 45 million words, 1300s-1900s. Washington, DC: United States National Endowment for the Humanities, 2006. Disponível em: . Acesso em: jul. 2011-maio 2012.

GREENBERG, J. Some universals of grammar with particular reference to the order of meaningfull elements. In: GREENBERG, J.. University of Language. Cambridge: MIT Press, 1963. p. 73-113.

HENGEVELD, K. Layers and operators in Functional Grammar. Journal of Linguistics, v. 25, n. 01, p. 125-157, 1989.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, J. L. Functional discourse grammar: a typologically- -based theory of language structure. Oxford: Oxford University Press, 2008.

HIRATA, F. B. M. A hipotaxe adverbial condicional no português escrito contemporâneo do Brasil. 231 f. Dissertação (Mestrado em Linguística e Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 1999.

HIRATA-VALE, F. B. M. A expressão da condicionalidade no português escrito do Brasil: contínuo semântico-pragmático. 160 f. Tese. (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2005.

LEVELT, W. J. M. Speaking. Cambridge MA: MIT Press, 1989.

LIMA, C. E. R. Gramática normativa da língua portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1999. p. 184-284.

NEVES, M. H. M. As construções causais. In: NEVES, M. H. M. (Org.). Gramática do português falado. Novos estudos. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP; Campinas: Editora da UNICAMP, 1999a. v. VII, p. 461-496.

NEVES, M. H. M.. As construções condicionais. In: NEVES, M. H. M. (Org.). Gramática do português falado. Novos estudos. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP; Campinas: Editora da UNICAMP, 1999b. v. VII, p. 497-544.

NEVES, M. H. M.. Gramática de usos do português. São Paulo: Editora Unesp, 2000. p. 787-929.

NEVES, M. H. M.. A gramaticalização e a organização dos enunciados. SCRIPTA, Belo Horizonte, v. 5, n. 9, p. 13-22, 2001.

OLIVEIRA, T. P. As conjunções e orações condicionais no português do Brasil. Tese. 157 f. (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, São José do Rio Preto, 2008.

SACCONI, L. A. Nossa gramática. Teoria e prática. 28. ed. São Paulo: Harbra, 2004. p. 310-387.

SPÓSITO, C. C. A construção adverbial de causa razão, explicação e motivação nas variedades lusófonas: uma abordagem discursivo-funcional. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRALIN, 7., Curitiba. Anais. Curitiba: Abralin, 2011. p. 742-749.

SWEETSER, E. From etymology to pragmatics: metaphorical and cultural aspects of semantic structure. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)