A modificação de grau de adjetivos em Karitiana

Luciana Sanchez-Mendes

Resumo


O objetivo deste artigo é descrever a modificação de grau no domínio adjetival na língua Karitiana. Mais especificamente, pretende-se analisar as estruturas escalares dos predicados adjetivais modificados pelo advérbio pita (‘muito’) na língua. O trabalho está apoiado na ideia geral de que a distribuição e o significado de modificadores de grau revelam a natureza das estruturas escalares envolvidas (KENNEDY; MCNALLY, 2005).


Palavras-chave


modificação de grau; adjetivos; línguas indígenas

Texto completo:

PDF

Referências


KENNEDY, C. Projecting the adjective: the syntax and semantics of gradability and comparison. NewYork: Garland. 1999.

KENNEDY, C.; MCNALLY, L. Scale Structure, Degree Modification, and the Semantics of Gradable Predicates. Language, v. 81, n. 2, p. 345-381, 2005.

KLEIN, E. A semantics for positive and comparative adjectives. Linguistics and Philosophy, v. 4, p. 1-45, 1980.

RUSSELL, B. On Denoting. Mind, v. 14, p. 479-493, 1905.

STORTO, L. Copular constructions in Karitiana: a case against case movement. In: LIMA. S. (Ed.) University of Massachusetts Occasional Papers 41: Proceedings of SULA 5: Semantics of Under-Represented Languages in the Americas. Amherst: GLSA/ The University of Massachusetts, 2010.

STORTO, L.; VANDER VELDEN, F. F. Karitiana. In: STORTO, L.; VANDER VELDEN, F. F. Povos Indígenas do Brasil. 2005. Disponível em: . Acesso em: 1 fev. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)