A temática do trabalho e o personagem trabalhador nos mensários sociopolíticos Caros Amigos e Le Monde Diplomatique Brasil

Maria Juliana Horta Soares

Resumo


Este artigo tem como principal objetivo pensar a temática do trabalho e o lugar do personagem trabalhador nos mensários sociopolíticos brasileiros Caros Amigos (CA) e Le Monde Diplomatique Brasil (LMDB). Para a análise, aliamos categorias da semiolinguística (Charaudeau, entre outros) e de outras teorias linguísticas anteriores a ela (Bakhtin, Fiorin, Maingueneau e outros). Entre as categorias que analisamos estão mise en page, seleção temática, relação entre credibilidade e captação e estratégias de convencimento. Diferenças e semelhanças à parte, o que pudemos perceber ao fim da análise é que CA e LMDB, no embate capital x trabalho, posicionam-se ao lado dos trabalhadores. Em relação a esses personagens e à temática do trabalho, podem ser considerados, de fato, veículos alternativos, que combatem a ideologia dominante e denunciam diversas formas de exploração.


Palavras-chave


Análise do discurso; personagem trabalhador; estratégias de convencimento

Texto completo:

PDF

Referências


ARBEX JR., José. 1 bilhão de mortos-vivos contra as Cutrales do Mundo. Caros Amigos, n. 152, p. 7, nov. 2009.

BAKHTIN, Mikhail; VOLOSHINOV, Valentin. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1979.

BARTHES, Roland. Rhétorique de l’image. Communications, v. 4, 1964. Recherches sémiologiques. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2011.

BARTHES, Roland. La chambre claire: Notes sur la photographie. Paris: Éd. du Seuil, 1980.

BOURBON, Tristan de. Do trabalho precário ao desemprego. Le Monde Diplomatique Brasil, n. 23, p. 21-23, jun. 2009.

BRONCKART, Jean-Paul; BOTA, Cristian. Bakhtine démasqué: histoire d’un menteur, d’une escroquerie et d’un délire collectif. Genève: Droz, 2011.

CAROS AMIGOS. Quem somos. Caros amigos, [s.d.]. Disponível em: . Acesso em: 1 out. 2013.

CHARAUDEAU, Patrick. Les médias et l’information: l’impossible transparence du discours. Bruxelles: Ed. De Boeck Université, 2005.

CHARAUDEAU, Patrick. O discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006.

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique (Org.). Dicionário de Análise do Discurso. São Paulo: Contexto, 2004.

DUCROT, Oswald. As Leis de Discurso. In: DUCROT, Oswald. O dizer e o dito. Tradução de Eduardo Guimarães et al. Campinas: Pontes, 1987. p. 89.

EDITORIA. In: NOVO manual de redação. São Paulo: Folha de São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2013.

EMEDIATO, Wander. Os lugares sociais do discurso e o problema da influência, da regulação e do poder nas práticas discursivas. In: LARA, Gláucia M. P.; MACHADO, Ida L.; EMEDIATO, Wander (Org.). Análises do discurso hoje. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008. v. 1, p. 71-91.

FARIA, Antônio Augusto Moreira de; PINTO, Rosalvo Gonçalves et al. (Org.). Poemas brasileiros sobre trabalhadores: uma antologia de domínio público. Belo Horizonte: Viva Voz, 2011.

FIORIN, José Luiz. Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 2001.

FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2005.

FLORES, V. do N. et al. (Org.). Dicionário de Linguística da Enunciação. São Paulo: Contexto, 2009.

LAMBERT, Frédéric. Mytographies – La photo de presse et ses légendes. Paris: Edilig, 1987.

LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL. Quem somos. Le Monde Diplomatique Brasil, [s.d.]. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2010.

MAINGUENEAU, Dominique. Termos-chave da Análise do Discurso. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez, 2002.

RODRIGUES, Lúcia. No Brasil quem paga impostos são os pobres. Caros Amigos, n. 150, p. 28-31, set. 2009a.

RODRIGUES, Lúcia. Governo mantém perdas para 38% dos aposentados. Caros Amigos, n. 151, p. 18-20, out. 2009b.

RODRIGUES, Lúcia. Guerra do lixo massacra os catadores. Caros Amigos, n. 153, p. 36-39, dez. 2009c.

ROSSETTI, Carolina. Degradação e violência no tráfico de mulheres. Caros Amigos, n. 147, p. 12-25, jun. 2009.

SAKAMOTO, Leonardo. Perversos contratos de trabalho. Le Monde Diplomatique Brasil, n. 22, p. 22-23, maio 2009.

SÉRIOT, Patrick. Préface: Voloshinov, la philosophie de l’enthymème et la double nature du signe. In: VOLOSHINOV, Valentin N. Marxisme et philosophie du langage: les problèmes fondamentaux de la méthode sociologique dans la science du langage. Limoges: Lambert-Lucas, 2010. p. 13-110.

SERVANT, Jean-Christophe. Zâmbia: privatização, poluição e pobreza. Le Monde Diplomatique Brasil, n. 22, p. 30-31, maio 2009.

SOARES, Maria J. H. Trabalhadores, personagens em discursos de mensários sociopolíticos: Caros Amigos e Le Monde Diplomatique Brasil. 2013. 270 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

STÉDILE, João Pedro. Uma outra matriz produtiva. Le Monde Diplomatique Brasil, n. 18, p. 9, jan. 2009.

TÉTU, Jean-François. La mise en page. In: MOUILLAUD, M.; TÉTU, J.-F. Le journal quotidien. Lyon: Presses Universitaires de Lyon, 1989. p. 67-70.

VIGNA, Anne. O fim do pleno emprego nas maquiladoras. Le Monde Diplomatique Brasil, n. 28, p. 26-27, nov. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)