Miss simpatia: a edificação do objeto discursivo Marina Silva em textos multimodais

Karina Menegaldo

Resumo


Partindo do exame minucioso das capas e das matérias veiculadas pela revista Veja, na ocasião do período eleitoral de 2010, o presente artigo buscou sistematizar de que maneira o objeto de discurso Marina Silva foi edificado em textos de natureza multimodal e qual a imagem que emergiu da então candidata à Presidência da República, como produto dessa construção. O objetivo perseguido na análise foi demonstrar, de maneira aplicada, o conceito de construção de um objeto discursivo em textos de natureza multimodal, demonstrando, através do exame do corpus escolhido, que a imagem concebida do objeto Marina Silva foi edificada na junção entre o objeto de discurso visual e o verbal, e não separadamente, em um processo que se traduz na criação conjunta desses objetos dentro dos textos.


Palavras-chave


referenciação; objeto de discurso; multimodalidade; texto; mídia

Texto completo:

PDF

Referências


BENTES, Anna Christina; RAMOS, Paulo; ALVES FILHO, Francisco. Enfrentando os desafios no campo dos estudos do texto. In: BENTES, Anna Christina; LEITE, Marli Quadros (Org.). Linguística de textos e análise da conversação: panorama das pesquisas no Brasil. São Paulo: Cortez, 2010.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães. Referenciação: sobre coisas ditas e não ditas. Fortaleza: Edições UFC, 2011.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães. Os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2012.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; CUSTÓDIO FILHO, Valdinar. Revisitando o estatuto do texto. Revista do Gelne, Piauí, v. 12, n. 2, p. 56-71, 2010. Disponível em: . Acesso em: 29 fev. 2012.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; LIMA, Silvana Maria Calixto de. Referenciação: teoria e prática. São Paulo: Cortez, 2013.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; RODRIGUES, Bernardete Biasi; CIULLA, Alena (Org.). Referenciação. São Paulo: Contexto, 2003.

FRANCIS, Gill. Rotulação do Discurso: Um aspecto da coesão lexical de grupos nominais. In: CAVALCANTE, Mônica Magalhães; RODRIGUES, Bernardete Biasi; CIULLA, Alena (Org.). Referenciação. São Paulo: Contexto, 2003.

KOCH, Ingedore G. Villaça. Introdução à lingüística textual. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

KOCH, Ingedore G. Villaça. Desvendando os segredos do texto. São Paulo: Cortez, 2009.

KOCH, Ingedore G. Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e Compreender: os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2006.

KOCH, Ingedore G. Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e escrever: estratégias de produção textual. São Paulo: Contexto, 2009.

KOCH, Ingedore G. Villaça; MORATO, Edwiges; BENTES, Anna Christina (Org.). Referenciação e discurso. São Paulo: Contexto, 2005.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.

MENEGALDO, Karina. Um texto, duas linguagens: a edificação de objetos discursivos em um texto multimodal. Revista Linha Mestra, São Paulo, v. 6, p. 273-276, 2012.

MONDADA, Lorenza; DUBOIS, Danièle. Construção dos objetos de discurso e categorização: uma abordagem dos processos de referenciação. In: CAVALCANTE, Mônica Magalhães; RODRIGUES, Bernardete Biasi; CIULLA, Alena (Org.). Referenciação. São Paulo: Contexto, 2003.

MONDADA, Lorenza; DUBOIS, Danièle. Estratégias de referenciação em textos multimodais: uma aplicação em tiras cômicas. Linguagem em Discurso, Santa Catarina, v. 12, n. 3, 2012. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2013.

REVISTA VEJA. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2013.

SOUZA JÚNIOR, Rivaldo Capistrano de. Referenciação e humor em tiras do Gatão de meia-idade, de Miguel Paiva. 2012. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

RAMOS, Paulo Eduardo. Tiras cômicas e piadas: duas leituras, um efeito de humor. 2007. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

RAMOS, Paulo Eduardo. Faces do humor. São Paulo: Zarabatana, 2011.

RAMOS, Paulo Eduardo. Estratégias de referenciação em textos multimodais: uma aplicação em tiras cômicas. Linguagem em (Dis)curso, v. 12, p. 743-763, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)