Características acústicas de laterais em posição intervocálica em produções de falantes curitibanos

Maria Julia Fonseca Furtado

Resumo


Este estudo investiga acusticamente consoantes laterais em posição intervocálica no português brasileiro (PB). Foram observadas laterais em palavras como “vela” e “velha” e após a interação com a morfologia formando palavras como “velinha” e “velhinha”. Os resultados obtidos apontam para a presença de dois grandes grupos: o primeiro, com valores médios de F2-F1 em torno de 650 Hz e com caraterísticas apontadas na literatura condizentes com as da lateral alveolar; e o segundo com valores médios de F2-F1 crescendo de 1300 Hz a 1600 Hz, interpretados como laterais com um grau crescente de palatalização. Notou-se que a interação com a morfologia parece levar a um enfraquecimento da distinção entre os sons laterais do português.


Palavras-chave


laterais; descrição acústica; palatalização.

Texto completo:

PDF

Referências


CALLOU, D.; LEITE, Y. Iniciação à fonética e à fonologia. 11. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2009. 127 p.

CÂMARA JR., J. M. Estrutura da língua portuguesa. 32. ed. Petrópolis: Vozes, 2000. 124 p.

COLLISCHONN, G.; SILVA, A. H. P. Entre o dado e a interpretação: o papel da experimentação em fonética e fonologia. In: FIGUEIREDO, D. C.; BONINI, A.; FURLANETO, M. M.; MORITZ, M. E. W. Sociedade, cognição e linguagem. Florianópolis: Insular, 2012. p. 403-421.

CRISTÓFARO-SILVA, T. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 7. ed. São Paulo: Contexto, 2003. 275 p.

FANT, G. Acoustic theory of speech production. 2. ed. Haia/Paris: Mouton, 1970. 328 p.

FURTADO, M. J. F. A presença da lateral palatal ou da lateral palatalizada em dados do português brasileiro – um estudo fonético-acústico. Comunicação oral no 29° ENANPOLL. Florianópolis, 9-11 jun. 2014.

HORA, D. Fonética e Fonologia. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2014.

KENT, R. D.; READ, C. The Acoustic Analysis of Speech. San Diego: Singular Publishing Group, 1992. 311 p.

LADEFOGED, P.; MADDIESON, I. The Sounds of the World’s Languages. Oxford: Blackwell Publishers, 1996. 407 p.

MADDIESON, I. Patterns of sounds. Cambridge Studies of Speech Science and communication. 1. ed. New York: Cambridge University Press, 1984. 422 p.

MARQUES, I. M. B. Variação fonética da lateral alveolar no português europeu. 2010. 55 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da fala e da audição) – Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal.

MARTINS, P.; CARBONE, I.; PINTO, A.; SILVA, A.; TEIXEIRA, A. European Portuguese MRI based speech production studies. Speech Communication, v.50, n.11-12, p.925-952, nov./dez. 2008.

MASSINI-CAGLIARI, G. Acento e ritmo. São Paulo: Contexto, 1992. 95 p.

MONTEIRO, D. R. V. Variação dialetal das laterais no português europeu. 2012. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da fala e da audição) – Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal.

PAGAN, L. de O.; WERTZNER, H. F. Análise acústica das consoantes líquidas do Português Brasileiro em crianças com e sem transtorno fonológico. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 12, n.2, p. 106-113, jun. 2007.

RECASENS, D., FARNETANI, E., PALLARÈS, M. D. An electropalatographic study of alveolar and palatal consonants in Catalan and Italian. Language and Speech, v.36, n. 2, 3, p.213-234, 1993.

RECASENS, D. A cross-language acoustic study of initial and final allophones of /l/. Speech Communication, v. 54, p.368-383, 2012.

RODRIGUES, S.; MARTINS, F. E.; JESUS, L. M. T. Estudo acústico das consoantes líquidas do português europeu: evidências temporais e espectrais. In: XXVIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. Coimbra, 23-25 out. 2013. Anais. Coimbra: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, p. 541-561, 2013.

SILVA, A. H. P. Para a descrição fonético-acústica das líquidas no português brasileiro: dados de um informante paulistano. 1996. 230 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

SILVA, A. H. P. As fronteiras entre fonética e fonologia e os róticos iniciais em PB: dados de dois informantes do sul do país. 2002. 213 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

SPROAT, R.; FUJIMURA, O. Allophonic variation in English /l/ and its implications for phonetic implementation. Journal of Phonetics, v. 21, p.291-311, 1993.

ZHOU, X. An MRI-based articulatory and acoustic study of American English liquid sounds /R/ and /L/. 2009. 151 f. Tese (Doutorado) – Department of Computer and Electrical Engineering, Faculty of the Graduate School of the University of Maryland, College Park, Estados Unidos.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v45i1.727

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)