Análise do discurso digital: sobre o arquivo e a constituição do corpus

Cristiane Dias

Resumo


O objetivo desse artigo é propor uma refl exão, da perspectiva da análise de discurso, sobre a constituição do corpus de análise do digital. Para tanto, vamos considerar noções já conhecidas no próprio campo teórico da análise de discurso, como “recorte”, “arquivo”, “circulação”.


Palavras-chave


arquivo; discurso digital; internet; corpus

Texto completo:

PDF

Referências


DIAS, Cristiane. Linguagem e tecnologia: uma relação de sentidos. In: PETRI, Verli; DIAS, Cristiane (Org.) Análise de Discurso em perspectiva: teoria, método e análise. Santa Maria: Editora da UFSM, 2013. p. 49-62.

GUILHAUMOU, Jacques; MALDIDIER, Denise. Effets de l’archive. In: GUILHAUMOU, Jacques et al. Discours et archive: experimentations en analyse du discours. Liège: Mardaga, 1994. p. 91-111.

ORLANDI, Eni. Segmentar ou recortar? Lingüística: questões e controvérsias. Série Estudos 10. Curso de Letras do Centro de Ciências Humanas e Letras das Faculdades Integradas de Uberaba, 1984.

ORLANDI, Eni. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1999.

ORLANDI, Eni. Apagamento do político na ciência: notas à história da análise de discurso-fragmentação, diluição, indistinção de sentidos e revisionismo. In: ORLANDI, Eni. Discurso em análise: sujeito, sentido, ideologia. Pontes: Campinas, 2012. 239 p.

PAVEAU, Marie-Anne. Les énoncés natifs du web: analyse du discours des réseaux sociaux numériques (Twitter, Facebook, Pinterest). Campinas: Unicamp, 2014. Disponível em: . Acesso em: 22 nov. 2014.

PÊCHEUX, Michel. Ouverture du colloque. In. CONEIN, Bernard et al. (Org.) Matérialités discursives. Lille: Presses Universitaires de Lille, 1981. p. 15-18.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni Orlandi. 5. ed. Campinas: Pontes, 2008.

PÊCHEUX, Michel. Ler o arquivo hoje. In. ORLANDI, Eni (Org.) Gestos de leitura. 3. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)