Crenças e atitudes linguísticas de falantes urbanos de Irati (PR): um olhar sobre o outro

Aparecida Feola, Clarice Cristina Corbari

Resumo


Este artigo apresenta resultados parciais de pesquisa sobre crenças e atitudes linguísticas de falantes de Irati, município paranaense que se carateriza por apresentar um cenário sociolinguístico complexo. Para nortear este estudo, são utilizados princípios teórico-metodológicos da Sociolinguística, da Sociologia da Linguagem e da Psicologia Social referentes à análise de crenças e atitudes linguísticas, as quais consistem em avaliações subjetivas sobre o valor das
variedades em si e, por extensão, sobre seus falantes. O corpus provém do Projeto Crenças e atitudes linguísticas: um estudo da relação do português com línguas de contato (AGUILERA, 2009). Do questionário de 48 perguntas, selecionaram-se, para este trabalho, seis perguntas que revelam julgamentos a respeito das línguas faladas na localidade e de seus falantes.


Palavras-chave


crenças e atitudes linguísticas; preconceito linguístico; contextos multilíngues.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)