A clandestinidade da mulher brasileira em Portugal: análise da construção discursiva do jornal Expresso

Jéssica de Cássia Rossi

Resumo


Nosso trabalho analisa como a enunciação do jornal Expresso (des)constrói as representações da mulher brasileira no imaginário português.1 Para tanto, apresentamos as reflexões das Teorias do Jornalismo e da Notícia sobre o papel social do jornalismo e dos jornalistas e por que as notícias são como são. Em seguida, apresentamos as propriedades da Análise do Discurso e como a utilizamos
em nosso estudo. Após isso, analisamos a notícia “Morar ao lado da prostituição”, de 7 de fevereiro de 2009, na versão digital do jornal Expresso. Apontamos os principais sentidos identificados em algumas Formações Discursivas. Por fim, mostramos como os resultados encontrados associam a mulher brasileira à clandestinidade.


Palavras-chave


Teorias do Jornalismo e da Notícia; Análise do Discurso; representações; mulher brasileira; jornal Expresso.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)