A importância de ser Prudente: da teoria à prática

Stephania Ribeiro do Amaral

Resumo


Este trabalho tem como principal objetivo a caracterização da peça A importância de ser Prudente1 (1895), escrita pelo dramaturgo irlandês Oscar Wilde (1854-1900), de maneira a permitir uma compreensão mais aprofundada dos elementos estéticos que nela são incorporados. Como se sabe, Wilde foi um dos maiores expoentes do Movimento Estético. Sua abordagem teórica, portanto, está toda fundamentada nos princípios que regem o movimento artístico em questão. Assim sendo, levanta-se um questionamento sobre como Wilde incorporou sua “teoria”
na realização de sua “prática”, que aqui é especificamente representada por A importância de ser Prudente. Dessa maneira, o trabalho propõe evidenciar como se transpõe a teoria em prática.


Palavras-chave


Oscar Wilde; Movimento Estético; A importância de ser Prudente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)