Dificuldades para encontrar palavras em decorrência de lesão têmporo-parietal

Renata Viana Ensinas

Resumo


Este artigo faz parte de um estudo mais amplo, que se propõe a descrever e analisar as dificuldades de seleção lexical e a produção de parafasias em casos de afasias. Neste momento, propomos tratar de questões relativas ao funcionamento semântico-lexical em sujeitos com lesão têmporo-parietal esquerda, sob a perspectiva da Neurolinguística de orientação enunciativo-discursiva. A partir da revisão bibliográfica sobre os fenômenos que envolvem a
questão do léxico, tanto na normalidade, quanto nas patologias, avaliamos dados de dois sujeitos afásicos, em situações dialógicas, formulando algumas hipóteses que visam a explicar
não apenas as dificuldades, mas também como os sujeitos reorganizam seus enunciados para alcançarem o seu intuito-discursivo, baseando-nos principalmente nas formulações de Luria (1986) sobre o tema.


Palavras-chave


afasia; neurolinguística; parafasia; acesso lexical.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)