As várias maneiras de se dizer não: um estudo introdutório das negativas no filme animado Shrek (2001)

Maíra Sueco Maegava Córdula

Resumo


O presente trabalho apresenta uma análise da variação melódica de negativas, produzidas com a palavra “não”, com o objetivo de investigar a relação entre a prosódia e os sentidos dos
enunciados. O corpus compreende um trecho de cinco minutos de gravação do filme animado Shrek (2001), versão dublada em Português Brasileiro. A análise acústica desenvolvida neste
trabalho nos mostra que elementos prosódicos trabalham no enunciado provocando variação de nuances de significação até para uma mesma palavra, no caso, o advérbio de negação não. Foi possível notar que escolhas na produção da intensidade, da duração e da curva melódica dos enunciados podem carrear sentidos pragmáticos além do significado dos vocábulos escolhidos pelos falantes.


Palavras-chave


entoação; pragmática; semântica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)