Realizações do objeto direto anafórico de terceira pessoa em cartas de ilustres do século XIX

Carolina de La Vega Soledade

Resumo


Este artigo descreve e analisa as realizações do objeto direto anafórico de terceira pessoa em corpus sincrônico constituído por cartas escritas por brasileiros ilustres no século XIX. O objetivo é registrar o padrão de variação dessa variável tendo em vista a diminuição do uso do clítico acusativo e sua consequente substituição pelo objeto nulo já registrada no português
brasileiro.


Palavras-chave


Clítico Acusativo; Português Brasileiro; Objeto Nulo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)