Análise de uma proposta de produção textual do material EJA – Mundo do Trabalho

Karen Dias de Sousa

Resumo


Este artigo pretende demonstrar os resultados de uma análise das propostas de produções textuais do material didático EJA – Mundo do Trabalho, que foi elaborado especialmente para a Educação de Jovens e Adultos e tem sido amplamente utilizado nas escolas públicas do estado de São Paulo. A análise utiliza-se do conceito bakhtiniano de dialogismo para investigar com quais concepções de escrita e ensino de produção textual o material dialoga.


Palavras-chave


produção textual; material didático; dialogismo; Educação de Jovens e Adultos.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BONINI, A. Metodologias do ensino de produção textual: a perspectiva da enunciação e o papel da psicolinguística. Perspectiva, Florianópolis, v. 20, n. 1, p. 23-47, 2002.

CORREA, M. G. Reflexões sobre o trabalho de Bakhtin e sua relação com o ensino da escrita. In: OSORIO, E. M. (Org.). Mikhail Bakhtin: Cultura e Vida. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

GINZBURG, C. Mitos, Emblemas, Sinais. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

MARCHEZAN, R. C. Diálogo. In: BRAIT, B. (Org.). Bakhtin: Outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2010.

RODRIGUES, R. H. Os gêneros do discurso na perspectiva dialógica da linguagem: a abordagem de Bakhtin. In: MEURER, J. L.; BONINI, A.; MOTTA-ROTH, D. (Org.). Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT). Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Mundo do Trabalho: Arte, Inglês e Língua Portuguesa: 7º ano/2º termo do Ensino Fundamental. São Paulo, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2015.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v46i2.1571

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)