Adjetivos Subjetivos sob a abordagem da Gramática Discursivo-Funcional

George Henrique Nagamura

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar uma proposta para o tratamento de adjetivos subjetivos na Gramática Discursivo-Funcional (FDG). O artigo parte de uma discussão sobre o tratamento da modalidade subjetiva e os testes gramaticais empregados para essa distinção. O conceito de subjetividade proposto baseia-se nesses testes gramaticais, bem como na distinção feita por De Smet e Verstraete (2006) de diferentes tipos de subjetividade. Similarmente ao conceito desses autores, a proposta feita aqui distingue o que será chamado de Subjetividade Inerente, que permeia todos os usos da língua, e Subjetividade Gramatical, que se refere à codificação sistemática da Subjetividade Inerente. Além disso, será apresentada uma análise dos adjetivos subjetivos e, como resultado dessa análise, a noção de performatividade também é adicionada à definição de Subjetividade Gramatical.


Palavras-chave


subjetividade; modalidade; adjetivos; Gramática Discursivo-Funcional

Texto completo:

PDF

Referências


BENVENISTE, E. Da subjetividade na linguagem. In: ______. Problemas de linguística geral. Tradução de Maria da Glória Novak e Luiza Neri. São Paulo: Companhia Editora Nacional/Editora da Universidade de São Paulo, 1976. p. 284-293.

DE SMET, H.; VERSTRAETE, J. C. Coming to terms with subjectivity. Cognitive Linguistics, 17.3, p. 365-392, 2006.

HALLIDAY, M. A. K. An Introduction to Functional Grammar. 2. ed. Londres: Arnold, 1994.

HENGEVELD, K. Illocution, mood and modality in a functional grammar of Spanish. Journal of Semantics, 6, p. 227-269, 1988.

______. Layers and operators in Functional Grammar. Journal of Linguistics, 25.1,

p. 127-157, 1989.

______. Mood and Modality. In: BOOIJ, G.; LEHMANN, C.; MUGDAN, J. (Ed.). Morphology: A handbook on inflection and word formation. Berlim: Mouton de Gruyter, 2004. p. 1190-1202.

______. Prototypical and non-prototypical noun phrases in Functional Discourse Grammar. In: RIJKHOFF, J.; VELASCO, D. G. (Ed.). The Noun Phrase in Functional Discourse Grammar. Berlim: Mouton de Gruyter, 2008. p. 43-62.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, J. L. Functional Discourse Grammar: a typologically based theory of language structure. Oxford: Oxford University Press, 2008.

LYONS, J. Introduction to theoretical linguistics. Londres: Cambridge University Press, 1968.

NARROG, H. On defining modality again. Language Sciences, 27.2, p. 165-192, 2005.

TRAUGOTT, E. C. (Inter)subjectivity and (inter)subjectification: a reassessment. In: CUYCKENS, H.; DAVIDSE, K.; VANDELOTTE, L. (Ed.). Subjectification, Intersubjectification and Grammaticalization. Berlim: Mouton de Gruyter, 2010. p. 29-71.

VERSTRAETE, J. C. Subjective and objective modality: Interpersonal and Ideational functions in the English modal auxiliary system. Journal of Pragmatics, 33, p. 1505-1528, 2001.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v46i1.1575

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)