A arquitetônica do gênero musical sertanejo: cotejando enunciados presentes no livro Bem Sertanejo

Maria Sueli Ribeiro da Silva

Resumo


Com base no cotejo de enunciados do livro Bem Sertanejo, esta pesquisa pretende mostrar a construção da arquitetônica do gênero sertanejo, por meio do cotejo de enunciados presentes nos capítulos dessa obra, de modo a refletir de que forma gêneros musicais do sertanejo, como a música raiz, o sertanejo e o sertanejo universitário – fazem ressoar a cultura sertaneja e como vêm se relacionando com as mídias para propagação desse gênero.

Palavras-chave


gêneros musicais sertanejos; arquitetônica; cotejamento; Bem Sertanejo

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. Estética da Criação Verbal. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006.

FIORIN, J. L. Da necessidade da distinção entre texto e discurso. In: BRAIT, B.; SOUZA-E-SILVA, M. C. (Orgs.). Texto ou discurso? São Paulo: Contexto, 2012. p. 147-165.

OLIVEIRA, A. de P. Miguilim foi pra fora da cidade ser cantor: uma antropologia da música sertaneja. 2009. 325 f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

PAJEÚ, H. M. Os gêneros do discurso na criação estética colaborativa. São Carlos: Pedro & João Editores, 2014.

SILVA, M. S. R. da. O cotejo em torno do sagrado. In: GEGe – Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso. Palavras e contrapalavras: entendendo o cotejo como proposta metodológica. São Carlos: Pedro & João Editores, 2017.

SOUZA-E-SILVA, M. C. Texto/Discurso: qual a relação com a leitura? In: BRAIT, B.; SOUZA-E-SILVA, M. C. (Orgs.). Texto ou discurso? São Paulo: Contexto, 2012. p. 183-193.

TELÓ, M.; PIUNTI, A. Bem Sertanejo. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2015.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v47i2.2021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)