Entre “picadas” e “trilhas” nas regiões Norte e Sul do Brasil: o que revelam os dados do Projeto Atlas Linguístico do Brasil

Mércia Cristina dos Santos

Resumo


Este trabalho discute traços de ruralidade no vocabulário de falantes das regiões Norte e Sul do Brasil e tem como objetivo examinar a percepção do falante urbano acerca de referentes do universo rural e verificar diferentes nomeações a eles atribuídas. Os dados analisados correspondem a respostas para as perguntas 62 (nomes para “picada”) e 63 (nomes para “trilho”) do Questionário Semântico-Lexical (QSL) do Projeto ALiB – Atlas Linguístico do Brasil. Os pressupostos teórico-metodológicos utilizados foram os da Dialetologia pluridimensional (CARDOSO, 2010), que considera as dimensões, diatópica, diageracional e diassexual e os fundamentos da Lexicologia (BIDERMAN, 2001, 1992). O estudo demonstrou como itens lexicais mais produtivos: sete variantes relativas à pergunta 62 (picada), caminho, picada, estrada, pique, carreiro, trilha e trilho e seis relacionadas à pergunta 63 (trilha), caminho, estrada, trilha, vereda, carreiro e trilho, apontando semelhanças e diferenças nas áreas estudadas.

Palavras-chave


léxico; rural; Norte; Sul

Texto completo:

PDF

Referências


BIDERMAN, M. T. C. Dimensões da palavra. Filologia e Linguística Portuguesa, n. 2, p. 81-118, 1998.

FERREIRA, C.; CARDOSO, S. A dialetologia no Brasil. São Paulo: Contexto, 1994.

CALDAS AULETE. Dicionário Online Caldas Aulete. Rio de Janeiro: Lexikon, 2014. Versão on-line.

CARDOSO, S. A. M. et al. Atlas Linguístico do Brasil. v. 1. Londrina: Eduel, 2014a.

CARDOSO, S. A. M. et al. Atlas Linguístico do Brasil. v. 2. Londrina: Eduel, 2014b.

CARDOSO, S. A. M. Caminhos da dialetologia no Brasil. In: HORA, D. da; ALVES, E. F.; ESPÍNDOLA, L. C. (org.). ABRALIN: 40 anos em cena. João Pessoa: Editora Universitária, 2009. p. 137-171.

CARDOSO, S. A. M. Geolinguística: tradição e modernidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

COMITÊ NACIONAL DO PROJETO ALiB. Questionários Linguísticos. 2001. Londrina: Eduel, 2001.

COSERIU, E. Teoria da Linguagem e Linguística Geral. Tradução Agostinho Dias Carneiro. Rio de Janeiro: Presença; São Paulo: Editora da USP, 1979.

HOUAISS, A. Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa, Versão 1.0. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v48i1.2365

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)