Formação de grupos em ciências da linguagem: o caso do GEL

Cristina Altman

Resumo


O pequeno grupo de jovens professores universitários ¾ Ataliba Teixeira de Castilho, USP e UNICAMP (então, de Marília); Cidmar Teodoro Pais (1940-2009), USP; Francisco da Silva Borba, Araraquara; Ignácio Assis da Silva, São José do Rio Preto (?-?) e João de Almeida, Assis (1929-2019) ¾ que se reuniu em Araraquara, em 1969, no primeiro seminário do GEL, nunca poderia imaginar que a iniciativa assumisse a extensão que vemos hoje. Estimulados pelo mestre Isaac Nicolau Salum, USP (1913-1993), o grupo pretendia a criação de um espaço que propiciasse a veiculação e, principalmente, a convergência das “novas” ideias em matéria de ciência da linguagem, que então mal começavam a delinear-se no contexto brasileiro. Desde então, o GEL tem exercido, ininterruptamente, essa função. O objetivo do texto é revisitar a história da formação do GEL, que se confunde com a história das mudanças relativas à concepção dos problemas e das formas de tratamento do objeto linguagem e com a história da institucionalização e profissionalização da Linguística no Brasil.


Palavras-chave


GEL; linguistas brasileiros; historiografia linguística brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


ADUSP. O Livro Negro da USP. O controle ideológico na Universidade. 2. ed. São Paulo: Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo, 1979.

Alfa. Documentos do I Seminário de Linguística, promovido pela FFCL de Marília, em 1967. v. 11, p. 7-11.

ALTMAN, C. Trinta anos de Linguística Brasileira: o caso do GEL. Conferência proferida por ocasião do 42º seminário – 25 anos do GEL – Universidade de São Paulo, 21 de maio de 1994a.

ALTMAN, C. A Pesquisa Linguística no Brasil. São Paulo: Humanitas, 1994b.

ALTMAN, C. Apresentação da equipe que constitui a Diretoria do GEL para o biênio 2001-2003. Marília: 49º. Seminário do GEL, 24 de maio de 2001, documento inédito, 2001.

ALTMAN, C. (org.). Revista do GEL. Em Homenagem a Carlos Franchi (1930-2002). n. especial. São Paulo: Contexto, 2002.

ALTMAN, C. Relatório técnico e científico apresentado à FAPESP, relativo à realização do 50º Seminário do GEL. São Paulo: FAPESP, 2002 (documento inédito).

ALTMAN, C. Avaliação da importância da Reunião no Cenário Científico do País. Pedido de Auxílio para Organização do 51o Seminário do GEL. São Paulo: FAPESP, 2003 (documento inédito).

ALTMAN, C. Filologia e Linguística brasileiras, mais uma vez. In: SANSONE, O. C. (org.). A Historiografia Linguística no Brasil (1993-2018). Memória, Estudos. São Paulo: Pontes. 2018. p. 43-64.

CASTILHO, A. T. de. A Reforma dos Cursos de Letras. Alfa, v. 3, n. 53, 1963.

CASTILHO, A. T. de. Rumos da Dialetologia Portuguesa. Proferido no I Seminário de Pós-Graduação, promovido pela FFCL de Marília, em 1971. Alfa, v. 18/19, p. 115-153, 1972/1973.

DURHAM, E. R. A universidade brasileira e os impasses da transformação. Ciência e Cultura, v. 38, n .12, 2004-2018 [1986].

FIORIN, J. L. Curso de Letras: um balanço no 10º aniversário da UNESP. Alfa, v. 30/31, p. 1-10, 1986/1987.

FRANÇA, A. M. R.; SANTOS, L. G. P. dos; COELHO, O. F.; OLIVEIRA, R. de C. C. de; LEITE, V. C. Mapeamento historiográfico da produção linguística nos 25 anos do GEL – Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo. Trabalho apresentado no 42º seminário – 25 anos do GEL – Universidade de São Paulo, 21 de maio de 1994.

MURRAY, S. O. Theory groups and the study of language in North America. A social history. Amsterdam & Philadelphia: John Benjamins. (Ed. revista de Group Formation in Social Science. USA/ Canada: Linguistic Research, Inc. Carbondale and Edmonton, 1983), 1994.

NARO, A. J. (org.). Tendências atuais da linguística e da filologia no Brasil. Tradução Maria Candida Diaz Bordenave e Marilda Winkler Averbug dos originais em inglês [1968]. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976.

PRETI, D. Subsídios para a história do projeto NURC em São Paulo. In: CÂNDIDO, A. et al. Estudos de filologia e linguística: em homenagem a Isaac Nicolau Salum. São Paulo: T.A. Queiroz/Edusp. 1981.

PROTA, L. Um novo modelo de universidade. São Paulo: Convívio, 1987.

RODRIGUES, A. N. O dialeto caipira na região de Piracicaba. São Paulo: Ática, 1974.

SALUM, I. N. Filologia Românica e Pós-Graduação. Proferido no I Seminário de Pós-Graduação, promovido pela FFCL de Marília, em 1971. Alfa, v. 18/19, p. 483-487, 1972/1973.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v49i1.2812

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)