O alinhamento entre os níveis da Gramática Discursivo-Funcional em orações introduzidas por pero no espanhol

Autores

  • Talita Storti Garcia Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil https://orcid.org/0000-0001-8695-6086
  • Carolina da Costa Pedro Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil https://orcid.org/0000-0003-0130-966X

Palavras-chave:

pero, coordenação adversativa, Gramática Discursivo-Funcional, espanhol, alinhamento.

Resumo

A proposta deste trabalho é averiguar o alinhamento entre os níveis das orações introduzidas por pero em dados do espanhol peninsular falado, sob a perspectiva da Gramática Discursivo-Funcional de Hengeveld e Mackenzie (2008). O juntor pero é concebido na literatura da língua espanhola como conjunção coordenativa adversativa, equivalente a mas do português, ou a but do inglês. Para Hengeveld e Mackenzie (2009), o chamado alinhamento se refere ao mapeamento entre os Níveis Interpessoal, Representacional e Morfossintático da gramática. Os resultados mostram que contextos oracionais introduzidos por pero tendem a se estabelecer nas camadas mais altas do Nível Interpessoal. No Nível Morfossintático, observamos Orações que caracterizam o processo da coordenação. O universo de investigação é embasado no córpus PRESEEA (Proyecto para el Estudio Sociolinguístico del Español de España y de América).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Storti Garcia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil

É graduada em Licenciatura em Letras com habilitação em Espanhol (2003), Mestre em Estudos Linguísticos (2006) e Doutora em Estudos Linguísticos (2010) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Realizou estágio de Doutorado Sanduíche na Universidad Complutense de Madrid, Espanha, no período de fevereiro a julho de 2009. Atua como professora Assistente Doutora do Departamento de Letras Modernas da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/IBILCE). É pesquisadora na área de Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística, com interesse na Descrição Funcional de Língua Falada e Escrita (português e espanhol).

Carolina da Costa Pedro, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil

Carolina da Costa Pedro é graduada em Letras com habilitação em Espanhol e mestre em Estudos Linguísticos (2020) pela UNESP de São José do Rio Preto. É professora de língua espanhola no ensino fundamental e médio. Dedica-se à descrição do espanhol sob perspectiva funcionalista.

Referências

DIK, S. C. The theory of functional grammar. Pt I: The structure of the clause. New York: Mounton de Gruyter, 1997a.

FLAMENCO GARCÍA, L. Las construcciones concesivas y adversativas. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (org.). Gramática descriptiva de la lengua española. Madrid: Espasa-Calpe, 1999. p. 3805-3878. v. 3: Entre la oración y el discurso.

GILI GAYA, S. Curso superior de sintaxis española. Barcelona: Vox, 2002.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, L. Functional Discourse Grammar: a typologically-based theory of language structure. Oxford: University Press, 2008.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, L. Alinhamento interpessoal, representacional e morfossintático na Gramática Discursivo-Funcional. DELTA, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 181-208, 2009. Disponível em: vhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010244502009000100007&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 2 out. 2009. Doi: https://doi.org/10.1590/S0102-44502009000100007

KEIZER, E. A functional Discourse Grammar for English. Oxford: University Press, 2015.

LONGHIN, S. R.; PEZATTI, E. G.; NOVAES-MARQUES, N. B. A coordenação. In: CASTILHO, A. T. (org.). História do português brasileiro. São Paulo: Contexto, 2019. p. 26-93. v. 5: Mudança sintática das construções: perspectiva funcionalista.

PRESEEA. Corpus del Proyecto para el estudio sociolingüístico del español de España y de América. Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá, 2014a. Disponível em: http://preseea.linguas.net. Acesso em: 29 dez. 2019

PRESEEA. Corpus del Proyecto para el estudio sociolingüístico del español de España y de América. Granada: Universidad de Granada, 2014b. Disponível em: http://preseea.linguas.net. Acesso em: 29 dez. 2019.

REAL ACADEMIA ESPAÑOLA Y ASOCIACIÓN DE ACADEMIAS DE LA LENGUA ESPAÑOLA. Nueva gramática de la lengua española: morfología y sintaxis. Madrid: Espasa, 2009.

Downloads

Publicado

27-12-2021

Como Citar

Garcia, T. S., & Pedro, C. da C. (2021). O alinhamento entre os níveis da Gramática Discursivo-Funcional em orações introduzidas por pero no espanhol. Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978), 50(3). Recuperado de https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/2977

Edição

Seção

Artigos