Junção em contexto de aquisição de escrita: uma abordagem das tradições discursivas

Lúcia Regiane Lopes-Damasio

Resumo


Este trabalho tem por objetivo central descrever e analisar o comportamento das técnicas de junção, empregadas em tradições discursivas (TDs). Partindo da hipótese geral de que os mecanismos de junção podem ser tomados como elementos sintomáticos para se chegar a uma classificação das diferentes TDs, procura-se identificar, no comportamento desses mecanismos, possíveis reflexos de mesclas de TDs, visando, portanto, à obtenção de conclusões acerca das características dos textos e da tradição em que se inserem, a partir de um enfoque no contexto de aquisição de TDs da escrita.


Palavras-chave


junção; tradição discursiva; aquisição de escrita

Texto completo:

PDF

Referências


ABAURRE, M. B. M.; FIAD, R. S.; MAYRINK-SABINSON, M. L. T. Cenas de Aquisição de escrita. São Paulo: Mercado de Letras, 2002.

ASCHENBERG, H. Diskurstraditionen – Orientierungen und Fragestellungen. In: ASCHENBERG, H.; WILHELM, R. (Org.). Romanische Spraschgeschichte und Diskurstraditionen. Tübingen: Narr, 2003. p. 1-18.

CORRÊA, M. L. G. O modo heterogêneo de constituição da escrita. 1997. 435f. Tese (Doutorado) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 1997.

COSERIU, E. Sincronia, diacronia e história: o problema da mudança linguística. Rio de Janeiro: Presença, 1979.

HALLIDAY, M. A. K. An introduction to Funcional Grammar. London: Edward rnold, 1985.

KABATEK, J. Sintaxis histórica del español y cambio lingüístico: nuevas perspectivas desde las Tradiciones Discursivas. Madrid: Iberoamericana, 2008.

KABATEK, J. Tradiciones discursivas y cambio lingüístico. In: CIAPUSCIO, G.; JUNGBLUTH, K.; KAISER, D.; LOPES, C. (Ed.). Sincronía y diacronía de tradiciones discursivas em Latinoamérica. Madrid: Iberoamericana, 2006. p. 151-172.

KABATEK, J. Tradiciones discursivas y cambio lingüístico. Lexis XXI, Lima, v. 39, n. 2, p. 151-177, 2005a.

KABATEK, J. Sobre a historicidade dos textos. Linha d’água, São Paulo, v. 17, p. 157-170, 2005b.

KABATEK, J. Las tradiciones discursivas del español medieval: historia de textos e historia de la lengua. Iberoamericana, [s.l.], v. 62, p. 28-43, 2005c.

KABATEK, J. Tradiciones discursivas jurídicas y elaboración lingüística en la España medieval. Cahiers de Linguistique Hispanique Médiévale, [s.l.], v. 27, p. 249-261, 2004.

KOCH, P. Tradiciones discursivas y cambio lingüístico. In: KABATEK, J. (Ed.). Sintaxis histórica del español y cambio lingüístico: nuevas perspectivas desde las Tradiciones Discursivas. Madrid: Iberoamericana, 2008. p. 53-87.

KORTMANN, B. Adverbial Subordination: a typology and History of Adverbial Subordinators Based on European Languagens. Berlin-New York : Mouton de Gruyter, 1997.

LONGHIN-THOMAZI, S. R. Aquisição de tradições discursivas: marcas de uma escrita heterogeneamente constituída. Alfa, São Paulo, v. 55, n. 1, p. 225-248, 2011.

LOPES, C. R. S. Tradição textual e mudança linguística: aplicação metodológica em cartas de sincronias passadas. In: MARTINS, M. A; TAVARES, M. A. (Org.). História do Português brasileiro no Rio Grande do Norte. Natal: EDUFRN, 2012. p. 17-54.

LOPES-DAMASIO, L. R. Diacronia dos processos constitutivos do texto relativos a assim: um novo enfoque da gramaticalização. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011.

OESTERREICHER, W. Zur Fundierung von Diskurstraditionen. In: FRANK, B.; HAYE, T.; TOPHINKE, D. (Org.). Gattungen mittelalterlicher schriftlichkeit. Tübingen: Narr, 1997. p.19-41.

PAIVA, M. C. Cláusulas causais adendo: uma variante de ordenação? Revista Estudos Linguísticos, Belo Horizonte, ano 2, v. 2, p. 5-21, jan./jun. 1997.

RAIBLE, W. Linking clauses. In: HASPELMATH, M. et al. (Ed.) Language typology and language universals: an international handbook. Berlin: Walter de Gruyter, 2001. p. 590-617.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)