Ponto de exclamação como índice de autoria: análise dialógica de um livro didático universitário de língua materna

Claudia Garcia Cavalcante, Anderson Cristiano da Silva

Resumo


O texto discute possíveis índices de autoria a partir dos usos do sinal de exclamação encontrados no livro didático de português Prática de texto para estudantes universitários, de Carlos Alberto Faraco e Cristóvão Tezza (2011). Pela aparente objetividade e simplicidade no emprego do ponto de exclamação, veem-se apenas publicações a respeito do assunto em gramáticas prescritivo-normativas, havendo poucas pesquisas de caráter discursivo que se dediquem ao estudo da exclamação em uso. Para tal empreendimento, o referencial teórico são os trabalhos desenvolvidos por Bakhtin (2004, 2006a, 2006b, 2008, 2010, 2013), Medviedev (1983) e Volochinov (1983), enfocando os conceitos de enunciado concreto, autor/autoria e estilo. Em nossas considerações, a presença da pontuação associada aos signos linguísticos nos excertos analisados acaba por ser um marcador de autoria, (d)enunciando a constituição autoral e os tons valorativos.


Palavras-chave


análise dialógica; autoria; livro didático de português; ponto de exclamação

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, N. M. de. Gramática metódica da língua portuguesa. 44. ed. São Paulo: Saraiva, 2002. 658 p.

AQUINO, R. Gramática objetiva da língua portuguesa. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. 622 p.

ARÁN, P. O. A questão do autor em Bakhtin. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso. São Paulo, Número Especial, p. 4-25, jan./jul. 2014. Disponível em: . Acesso em: 14 ago. 2015.

AZEREDO, J. C. de. Gramática Houaiss da Língua Portuguesa. 3. ed. São Paulo: Publifolha, 2010. 583 p.

BAKHTIN, M. M. O autor e a personagem na atividade estética. In: BAKHTIN, M. M. Estética da Criação Verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006a. p. 3-192. (original russo, 1924-27).

BAKHTIN, M. M. O problema do texto na linguística, na filologia e em outras ciências humanas. In: BAKHTIN, M. M. Estética da Criação Verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006b. p. 307-335 (original russo, 1959-61).

BAKHTIN, M. M. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008 (original russo, 1963). 341 p.

BAKHTIN, M. M. O problema do conteúdo, do material e da forma na criação literária. In: BAKHTIN, M. M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardini et al. 6. ed. São Paulo: Hucitec, 2010. p. 13-70 (original russo, 1924).

BAKHTIN, M. M. Questões de estilística no ensino da língua. Tradução de Sheila Grilo. 34. São Paulo: Ekaterina Volkova Américo, 2013. 119 p.

BAKHTIN, M. (V. N. VOLOCHÍNOV). Marxismo e filosofia da linguagem. Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 11. ed. São Paulo: Hucitec, 2004 (original russo, 1929). 196 p.

BECHARA, E. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. rev. e ampl. 14. reimpr. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004. 671 p.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Nomenclatura Gramatical Brasileira. Rio de Janeiro: CADES, 1959. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2014.

CASTILHO, A. T. de. Nova Gramática do Português Brasileiro. São Paulo: Contexto, 2010. 768 p.

CAVALCANTE, C. G. Dialogismo e ensino: o caso de um livro didático brasileiro. In: BRAIT, B.; MAGALHÃES, A. S. (orgs). Dialogismo: teoria e(m) prática. São Paulo: Terracota Editora, 2014. p. 133-152.

CEGALLA, D. P. Novíssima gramática da língua portuguesa. 43. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2000. 618 p.

COSTA, E. P. M. da. O livro didático de língua portuguesa: a autoria e suas coerções. Letrônica, Porto Alegre, v. 6, n. 2, p. 521-548, jul./dez. 2013. Disponível em . Acesso em: 05 mar. 2015.

CUNHA, C.; CINTRA, L. F. L. Nova gramática do português contemporâneo. 4. ed. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2007. 748 p.

DAHLET, V. Pontuação, Língua, Discurso. Comunicação apresentada no 24° Seminário do GEL/1994 – FFLCH/USP-SP. São Paulo, 1995. p. 337-340.

DAHLET, V. Pontuação, Sentido e Efeitos de Sentido. Comunicação apresentada no XLV Seminário do GEL/1997 – UNICAMP – Campinas – SP. São José do Rio Preto (SP), 1998. p. 465-471.

DAHLET, V. As (man)obras da pontuação: usos e significações. São Paulo: Associação Editorial Humanitas, 2006. 301 p.

FARACO, C. A.; TEZZA, C. Prática de texto para estudantes universitários. 20. ed. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2011[1992]. 300 p.

FLORES, V. do N. et al. Dicionário de linguística da enunciação. São Paulo: Contexto, 2009. 284 p.

HENRIQUE, J. Pontuação na escrita: sua história e emprego. Porto Alegre: Oficinas Gráficas do Instituto Técnico Profissional do R.S., 1941. 94 p.

LAURIA, M. P. P. A pontuação. 3. ed. São Paulo: Atual, 1989. (Tópicos de linguagem). 54 p.

MEDVEDEV, P. N. Sociologism without Sociology: on the methodological works of P. N. Sakulin. In: SHUKMAN, A. (ed.). Bakhtin School Papers. Russian Poetics Translation, v. 10. Tradução de Noel Owen. Somerton: Old School House, 1983. p. 67-74 (original russo, 1926).

NEVES, M. H. de M. Gramática de usos do português. São Paulo: Editora UNESP, 2000. 1037 p.

PERINI, M. A. Gramática descritiva do português. 4. ed. São Paulo: Editora Ática, 2000. 380 p.

PUZZO, M. B. Questões da autoria no livro didático. Eutomia, v.1, n.11, p. 327-343, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2014.

ROCHA, I. L. V. O sistema de pontuação na escrita ocidental: uma retrospectiva. DELTA, São Paulo, v.13, n.1,1997. Disponível em . Acesso em: 17 dez. 2007.

ROCHA LIMA, C. H. da. Gramática normativa da língua portuguesa. 43. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2003. 553 p.

VOLOSHINOV, V. N.; BAKHTIN, M. M. Discourse in life and discourse in poetry: questions of sociological poetics. In: SHUKMAN, A. (ed.). Bakhtin School Papers. Russian Poetics Translation, v. 10. Tradução de Joe Andrew. Somerton: Old School House, 1983, p. 5-30 (original russo, 1926).

VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação e outros ensaios. In: GERALDI, J. W. (org.). São Carlos: Pedro & João Editores, 2013. 273 p.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v45i3.712

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)