A expressão de finalidade na construção de movimento com propósito em português

Patrícia Oréfice, Angélica Terezinha Carmo Rodrigues

Resumo


Neste artigo, discutimos a relação de finalidade na Construção de Movimento com Propósito, que é formada pela sequência, contígua ou não, de dois verbos, sendo que o primeiro é sempre um verbo de movimento orientado e o segundo apresenta-se sempre na forma não finita. Adotamos um modelo cognitivo-funcional, em que são priorizadas as noções de construção, segundo o paradigma da gramática das construções (GOLDBERG, 1995), metáfora conceptual (LAKOFF; JOHNSON, 1980; LAKOFF, 1992), gramaticalização (HOPPER; TRAUGOTT, 2003) e tipologia de combinações de cláusulas (LEHMANN, 1988; CRISTOFARO, 2005) para analisar a relação dessa construção com a oração adverbial final dentro de um continuum de integração de cláusulas complexas.


Palavras-chave


metáfora conceptual; verbos de movimento orientado; cláusulas finais; construção; integração de cláusulas; construção de movimento com propósito.

Texto completo:

PDF

Referências


CASTILHO, A. T. Nova Gramática do Português Brasileiro. São Paulo: Contexto, 2010. 768 p.

CRISTOFARO, S. Subordination. New York: Oxford University Press, 2005. 372 p.

DIAS, N. B. As cláusulas de finalidade. 2001. 175 f. Tese (Doutorado) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

GOLDBERG, A. E. Constructions: a constructional grammar approach to argument structure. Chicago: The Universy of Chicago Press, 1995. 265 p.

GOLDBERG, A. E. Constructions at work: the nature of generalization in language. New York: Oxford University Press, 2006. 280 p.

HOPPER, P. J.; TRAUGOTT, E. C. Grammaticalization. Cambridge: Cambridge University, 2003. 300 p.

LAKOFF, G.; JOHNSON, M. Metaphors we live by. London: University of Chicago Press, 1980. 256 p.

LAKOFF, G. The contemporary theory of metaphor. University of Cambridge, 1992. 46 p.

LEHMANN, C. “Towards a typology of clause linkage”. In HAIMAN, J.; THOMPSON, S. (eds). Clause Combining in Grammar and Discourse. Philadelphia: John Benjamins, 1988. p. 181-225.

MARTELOTTA, M. E.; VOTRE, S. J.; CESÁRIO, M. M. Gramaticalização no português do Brasil: uma abordagem funcional. Rio de Janeiro: Tempo brasileiro: UFRJ, Departamento de Linguística e Filologia, 1996. 220 p.

ORÉFICE, P. A construção de movimento com propósito em português. 2014. 88 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara.

TORRENT, T. T. A rede de construções em Para (SN) Infinitivo: uma abordagem centrada no uso para as relações de herança e mudança construcionais. 2009. 166 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Linguística, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v45i1.725

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)