O destinatário inscrito na exposição Alertas, do museu Catavento Cultural

Arlete Higashi

Resumo


O presente artigo busca verificar, do ponto de vista linguístico-discursivo, a inscrição do destinatário-visitante nos enunciados verbo-visuais que compõem a exposição Alertas, do museu Catavento Cultural. Para subsidiar as análises dos enunciados de divulgação científica que circulam na referida exposição, recorremos à teoria dialógica proposta pelo Círculo de Bakhtin. Os resultados destacam que os enunciados expositivos são criados levando em conta um destinatário-visitante desconhecedor dos malefícios causados pelo uso de drogas e, portanto, vulnerável à experimentação.


Palavras-chave


museu de ciência; divulgação científica; destinatário; Círculo de Bakhtin

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. M. (VOLOCHINOV). Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 9. ed. São Paulo: HUCITEC, 2006[1929]. 203 p.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003a[1952-1953]. p. 261-306.

BAKHTIN, M. O problema do texto na linguística, na filologia e em outras ciências humanas. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003b[1952-1953]. p. 307-335.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoievski. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008[1963]. 340 p.

BAKHTIN, M. O problema do conteúdo, do material e da forma na criação literária. In: Questões de estética e de literatura: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardine et al. São Paulo: Hucitec, 2010[1923-1924]. p. 13-70.

CURY, M. X. Os usos que o público faz dos museus. A (re)significação da cultural material e do museu. MUSAS − Revista Brasileira de Museus e Museologia, Rio de Janeiro: IPHAN, DEMU, v. 1, n. 1, p. 87-106, 2004.

CURY, M. X. Comunicação e pesquisa de recepção: uma perspectiva teórico-metodológica para os museus. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 12 (suplemento), p. 365-380, 2005a.

CURY, M. X. Comunicação museológica: uma perspectiva teórica e metodológica de recepção. 2005b. 336 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2005b.

CURY, M. X. Museologia e conhecimento, conhecimento museológico – Uma perspectiva dentre muitas. Revista Museologia & Interdisciplinaridade, v. 3, p. 55-73, 2014.

CURY, M. X. Novas perspectivas para a comunicação museológica e os desafios da pesquisa de recepção em museus. In: Seminário de Investigação em Museologia dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola, 2010, Porto. Actas do I Seminário de Investigação em Museologia dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola. Porto: Universidade do Porto, 2010. v. 1. p. 269-279.

GRILLO, S. V. C. Esfera e Campo. In: BRAIT, B. (Org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2006. p. 133-160.

MEDVIÉDEV, P. N. O método formal nos estudos literários: introdução crítica a uma poética sociológica. Tradução de Sheila Vieira de Camargo Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo: Contexto, 2012[1928]. p. 11-267.

SÃO PAULO (ESTADO). Contrato de gestão nº 07/2012, de 14 de dezembro de 2012. Processo sc 132789/2012. São Paulo, p. 1-45, 2012. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2015.

SÃO PAULO (ESTADO). 1º termo de aditamento ao contrato de gestão nº 07/2012, de 15 de janeiro de 2014, celebrado entre o estado de São Paulo, por intermédio da secretaria da cultura e a Catavento Cultural e Educacional, qualificada como organização social de cultura, objetivando a alteração e inclusão de metas no plano de trabalho do ano de 2014. Processo sc 1327/89/2012. São Paulo, p. 1-36, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2015.

SILVA, G.; AROUCA, M.; QUIMARÃES, V. As exposições de divulgação científica. In: MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C.; BRITO, F. (Orgs). Ciência e público, caminhos da divulgação científica no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Ciência – Centro Cultural de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2002. p. 155-163.

SOARES, B. B.; CURY, M. X. Conceitos-chave da museologia. São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura, Pinacoteca do Estado, ICOM Brasil, 2013. (Tradução/Livro). 98 p.

STUDART, D. C.; ALMEIDA, A. M.; VALENTE, M. E. Pesquisa de público em museus: desenvolvimento e perspectivas. In: GOUVÊA, G.; MARANDINO, M.; LEAL, M. C. (Orgs.). Educação e museu: a construção social do caráter educativo dos museus de ciência. Rio de Janeiro: Access, 2003. p. 129-157.

VOLOCHINOV, V. (BAJTÍN, M. M.). La palabra en la vida y la palabra en la poesía. Hacia una poética sociológica. In: BAJTIN, M. Mijail. Hacia una filosofía del acto ético: de los borradores y otros escritos. Tradução de Tatiana Bubnova. Barcelona: Anthropos; San Juan: Universidade de Puerto Rico, 1997[1926]. p. 106-137.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v45i3.750

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)