O ensino do léxico na Educação de Jovens e Adultos (EJA): análise do livro didático do 8º ano da coleção Tempo de Aprender

Juliane Pereira Marques de Freitas, Maria Cristina Parreira da Silva

Resumo


Este trabalho objetiva verificar e analisar, por meio de estudos do livro didático do 8º ano da coleção Tempo de Aprender, como são trabalhadas as unidades lexicais nas aulas de Língua Portuguesa na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).


Palavras-chave


Ensino do léxico; Educação de Jovens e Adultos; material didático.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, I. M. Neologismo: criação lexical. São Paulo, Ática, 2004. (Série Princípios).

ANDRÉ, M. E. D. A; LÜDKE, M. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Pedagógica e Universitária, 1986.

ANTUNES, I. Aula de Português: encontro & interação. São Paulo: Parábola, 2010.

ANTUNES, I. Língua, texto e ensino: outra escola possível. São Paulo: Parábola, 2009.

ANTUNES, I. Muito além da gramática.Por um ensino de línguas sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola, 2007.

BAGNO, M. Preconceito lingüístico: o que é, como se faz. 28. ed. São Paulo: Loyola, 2004

BALLY, C. Traité de stylistique française, t. I, (p. 64-68). Heidelberg Carl Winters Universitatbuchhandlung, 1921.

BEZERRA, M. A. Leitura e escrita: condições para aquisição de vocabulário. In: Intercâmbio. PUC-SP; 1999; VIII; 169; 178; Português; 1413-4055. Disponível em: . Acesso em: 25 set. 2011.

BEZERRA, M. A. Condições para aquisição de vocabulário. In: INTERCÂMBIO DE PESQUISAS EM LINGUÍSTICA APLICADA, 8., 1998, São Paulo. Caderno de Resumos. São Paulo: PUC-SP, 1998. v. 1. p. 81-82. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2010.

BIDERMAN, M. T. C. Teoria linguística. São Paulo: Martins Fonte, 2001.

BIDERMAN, M. T. C. Dicionário didático de português. São Paulo: Ática, 2001.

BIDERMAN, M. T. C. Glossário. Alfa, São Paulo, n. 28 (supl.), p. 135-144, 1984.

BORBA, F. S. Organização de dicionário:uma introdução à lexicografia. São Paulo; Editora Unesp, 2003.

BRASIL. Ministério da Educação. Guia de livros didáticos: PNLD 2011: EJA / Ministério da Educação. – Brasília: MEC; Secad, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Proposta Curricular para a educação de jovens e adultos: segundo segmento do ensino fundamental: 5ª a 8ª série: introdução / Secretaria de Educação Fundamental, 2002. 256 p.: il. : v. 2

DUBOIS, J. Dicionário de Lingüística. São Paulo: Cultrix, 1997.

EJA 6º ao 9º ano. 2a. ed. São Paulo: Ibep, 2009. (Coleção Tempo de Aprender).

FERRAZ, A. P. Neologismos no português brasileiro contemporâneo: aplicação ao ensino de português para estrangeiros. In: Colóquio Diálogos com a Lusofonia, 2008, Varsóvia. Akta Konferencji. Varsóvia: Instytut Studiów Iberyjskich i Iberoamerykańskich Uniwersytetu Warszawskiego, 2008. p. 114-132.

GENOUVRIER, E.; PEYTARD, J. Lingüística e ensino de português. Tradução de Rodolfo Ilari. Coimbra: Almedina, s.d.

ILARI, R. A linguística e o ensino da língua portuguesa. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

KRIEGER, M. da G. Dicionário para o ensino de língua materna: princípios e critérios de escolha. Revista Língua e Literatura, v. 6-7. p. 101-112, 2004/2005.

PARREIRA, M. C. Estudo comparativo dos substantivos mais frequentes em dicionários bilíngues francês-português e português-francês.2002. 266 f. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2002.

REY, A. La lexicologie: lectures. Paris: Klincksieck, 1970.

REY-DEBOVE, J. Léxico e dicionário. Tradução de Clóvis Barleta de Morais. Alfa, São Paulo, v. 28, supl., p. 45-69, 1984b. Original francês.

REY-DEBOVE, J. Le domaine Du dictionnaire. Languages, Paris ; Didier-Larrousse, n. 19, p. 3-34, 1970. Tradução de Beatriz Facincani Camacho, Caire de Souza Martins e Mariana Santos de Araujo, alunas do curso de Tradutor do Ibilce-Unesp, 2004.

SILVA, M. C. P. da; SCHINELO, R. de F. Ensino interativo de língua portuguesa: teoria, prática e aplicação. Disponível em: . Acesso em: 6 jul. 2013.

TRÉVILLE, M-C.; DUQUETTE, L. Enseigner le vocabulaire en classe de langue. Paris: Hachette, 1996.

VILELA, M. Estudos de Lexicologia do Português. Coimbra: Almedina, 1994.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)