Sujeitos deslocados à esquerda em gêneros textuais orais e escritos no Português Brasileiro

Mônica Tavares Orsini, Isabela de Campos Mourão

Resumo


O presente trabalho, fundamentado nos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 1972, 1994) e sua associação à Teoria de Princípios e Parâmetros (CHOMSKY 1981), investiga as construções de deslocamento à esquerda de sujeito, uma das estratégias de construção de tópico marcado, confrontando sua frequência e suas características estruturais em corpora distintos do Português Brasileiro, à luz do continuum fala - escrita (MARCUSCHI, 2007). Os resultados revelam que as construções de deslocamento à esquerda de sujeito são mais frequentes no gênero entrevista, havendo diminuição ou ausência da estrutura em gêneros textuais escritos, refl exo da interferência do processo de letramento.


Palavras-chave


deslocamento à esquerda de sujeito; Português Brasileiro; continuum fala- -escrita

Texto completo:

PDF

Referências


BERLINCK, R., DUARTE, M. E. L.; OLIVEIRA, M. de. Predicação. In: KATO, M.; NASCIMENTO, M. do (Org.). Gramática do português culto falado no Brasil: a construção da sentença. Vol. III. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2009. p. 101-188.

BRITO, A. M.; DUARTE, I.; MATOS, G. Estrutura da frase simples e tipos de frases. In: MATEUS, M. H. M. et al. (Org.). Gramática da Língua Portuguesa. Lisboa: Caminho Editorial, 2003. p. 433-506.

CHOMSKY, N. Lectures on Government and Binding. Dordrecht: Foris, 1981.

CUNHA, C.; CINTRA, L. Nova gramática do português contemporâneo. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

CYRINO, S.; DUARTE, M. E. L.; KATO, M. Visible subjects and invisible clitics in brazilian portuguese. In: KATO, M.; NEGRÃO, E. V. (Org.). Brazilian portuguese and the null subject. Frankfurt am Main: Vervuert Verlag, 2000. p. 55-73.

FARACO, C. A. Norma culta brasileira: desatando alguns nós. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

KATO, M. Strong pronouns, weak pronominals and the null subject parameter. Probus, v. 11, n. 1, 1999.

LABOV, W. Sociolinguistic patterns. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1972.

LABOV, W. Principles of linguistic change: internal factors. Oxford: Blackwell, 1994.

LI, C. N.; THOMPSON, S. A. Subject and topic: a new typology of language. In: LI, C.; THOMPSON, S. (Ed.). Subject and topic. New York: Academic Press Inc., 1976.

MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

ORSINI, M. T. As construções de tópico marcado em peças teatrais brasileiras dos séculos XIX e XX. In: DUARTE, M. E. L. (Org.). O sujeito em peças de teatro (1833 – 1992): estudos diacrônicos. São Paulo: Parábola, 2012. p. 181-203.

ORSINI, Mônica T.; PAULA, Mayara N. de. Sujeitos deslocados à esquerda e mudança paramétrica no Português Brasileiro. Revista do GELNE (Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste), Natal, v. 3, n. 1/ 2, p. 107-127, 2011.

PONTES, E. O tópico no português do Brasil. Campinas: Pontes, 1987.

RAPOSO, E. B. P. et al. Construções de topicalização. In: RAPOSO, E. B. P. et al. (Org.). Gramática do Português. v. 1. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkain, 2013.

WEINREICH, U.; LABOV, W.; HERZOG, M. Fundamentos Empíricos para uma teoria da mudança lingüística. Tradução de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola, 2006 [1968].


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)