Recorrência de marcas proverbiais em dissertações de vestibular: formas de destacabilidade em um estudo comparativo

Glauce de Oliveira Alves

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar um estudo comparativo sobre as formas de manifestação de destacabilidade em marcas proverbiais e sobre a incidência dessas marcas em redações de vestibular. Particularmente, neste estudo, observamos o emprego da marca que busca captar a constituição formal do gênero provérbio, analisando seu funcionamento discursivo. O material de análise é constituído por dois conjuntos de sessenta redações: um em atendimento à proposta do vestibular da FUVEST do ano de 2006 e outro, do ano de 2009. Como referencial teórico, partiremos de concepções desenvolvidas pela Teoria da Enunciação e pela Análise do Discurso de linha francesa. Os resultados dessa pesquisa apontam para a predominância do uso da marca proverbial analisada como um recurso utilizado por pré-universitários para sintetizarem seus textos.


Palavras-chave


marcas proverbiais; redações de vestibular; destacabilidade; escrita.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)