Reflexões preliminares sobre a canção no vestibular: o álbum Tropicália nas provas da ufrgs

Gustavo Nishida, Ana Paula Pinheiro da Silveira, Ana Paula de Castro Sierakowski

Resumo


É inegável que, a partir da publicação dos Parâmetros Curriculares Nacionais (BRASIL, 1997), muitas pesquisas no âmbito da Linguística Aplicada, da Linguística do Discurso e da Linguística Textual direcionaram o seu olhar sobre o trabalho com gêneros discursivos, objeto de estudo da Língua Portuguesa, o que pode ser observado no fato de algumas universidades incluírem, dentre os conteúdos a serem avaliados nos exames vestibulares, aqueles referentes aos álbuns musicais. Partindo da concepção de que o gênero canção é multimodal e envolve a mobilização de múltiplas semioses para a construção de sentidos, este trabalho assume como objetivo analisar como o álbum Tropicália foi abordado nos exames vestibulares de 2015, 2016 e 2017 da UFRGS, a fim de verificar se, na elaboração das questões, foi considerada a integração de elementos musicais e verbais. A partir dessa reflexão inicial, o estudo propõe-se a analisar as potencialidades significativas da canção “Enquanto seu lobo não vem”.


Palavras-chave


Canção. Letramento. Vestibular. Tropicália. Caetano Veloso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21165/gel.v16i3.2741

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.