Estratégias de finalizações frasais e a análise automática da entoação: um estudo piloto

Waldemar Ferreira Netto, Marcus Vinicius Moreira Martins

Resumo


O propósito deste artigo é estabelecer critérios e procedimentos para a segmentação e classificação frasais automáticas da língua portuguesa no âmbito do projeto de pesquisa ExProsodia. Baseados em levantamento bibliográfico, desenvolvemos um conjunto de nove parâmetros objetivos e específicos, que se referem a aspectos da marcação de fronteiras de frases entoacionais — direção, alvo, movimento, shift, alongamento e pausa — e aspectos do intervalo que se estabelece entre frases entoacionais e a entoação global do discurso — correlação, distância e variação de foco e ênfase. Aplicamos esses parâmetros a uma gravação para análise automática e foi possível verificar que a impossibilidade de se fazer comparações diretas e completamente inequívocas entre intuição humana e análise instrumental automática não permite qualquer tipo de construção subjetiva. Assim, os resultados obtidos por esse tipo de análise, para que sejam interpretados linguisticamente, têm de receber um tratamento adequado às necessidades humanas compartilhadas, por sua vez, por um grupo de falantes da mesma língua.

Palavras-chave


Prosódia. Segmentação. Entoação. Análise Automática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21165/gel.v17i3.2849

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.