Neogramático, sim, mas com toda a gradiência...

Maria Célia LIMA-HERNANDES

Resumo


Neste artigo, discuto postulados funcionalistas sobre gramaticalização, tecendo um possível diálogo com os postulados neogramáticos explicitados na obra de Herman Paul. É objetivo, portanto, deste texto aproximar duas correntes linguísticas distantes no tempo, as quais utilizam rótulos distintos para semelhantes referentes. Mostro que os pontos de concórdia entre as duas teorias tornam a perspectiva funcionalista da gramaticalização, em sua vertente clássica, uma extensão do que postulava Paul em seus Princípios fundamentais da história da língua.


Palavras-chave


Gramaticalização. Funcionalismo. Princípios neogramáticos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.