A atuação de sequências do tipo narrativo em um texto jornalístico impresso

Gustavo XIMENES CUNHA

Resumo


O objetivo é mostrar que a heterogeneidade composicional de um texto jornalístico não é um fenômeno discursivo simples. Adotando os postulados do Modelo de Análise Modular, evidenciamos a importância que sequências discursivas do tipo narrativo podem assumir quando um jornalista delas se vale para tentar produzir determinados efeitos. Num primeiro momento, o estudo da forma de organização sequencial permite a identificação de duas sequências narrativas. Em seguida, a combinação da forma de organização sequencial com informações de outros planos do discurso permite o estudo das marcas linguísticas das sequências, bem como das funções cotextuais e contextuais que elas desempenham em toda a reportagem estudada.


Palavras-chave


Linguística do texto. Heterogeneidade composicional. Modularidade.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.