Análise comparativa da entoação do português brasileiro e do inglês norte-americano no filme Shrek

Maíra Sueco Maegava Córdula

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo apresentar alguns dados comparativos entre a entoação do português brasileiro e do inglês norte-americano, por meio da análise de uma sequência de cenas de um filme animado: Shrek (2001). A partir de uma visão sistêmico-funcional da entoação (HALLIDAY, 1970; CAGLIARI, 2007), foram considerados os seguintes fatores: número de grupos tonais, escolha de tons, escolhas sintáticas e escolhas de sentidos semânticos e pragmáticos. O contexto situacional e linguístico similar permitiu observar o funcionamento da escolha de determinados tons com relação à produção de sentidos sintáticos, semânticos e pragmáticos coincidentes ou divergentes entre as versões do filme em análise, com especial destaque para o papel da interpretação dos atores/dubladores.


Palavras-chave


língua inglesa; língua portuguesa; entoação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)