Análise da matriz de competência em uma aplicação real da Avaliação da Aprendizagem em Processo de Língua Portuguesa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Michelle Souza Prado, Daniela Nogueira de Moraes Garcia

Resumo


A proposta deste trabalho é discutir a matriz de competência e habilidades da Avaliação da Aprendizagem em Processo (AAP). Esta avaliação é composta por questões objetivas de Língua Portuguesa e é aplicada pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo em escolas públicas de ensino fundamental e médio do estado. O objetivo da prova é medir os coeficientes de aprendizado em língua portuguesa em cada ano escolar. O presente trabalho corresponde a uma análise de caso realizada em uma sala de oitavo ano. O foco da análise está nas questões com maior porcentagem de erro. Tal destaque se dá, pois a AAP utiliza os indicadores em que os alunos apresentam maior fragilidade e que indicam a necessidade de promover ações metodológicas capazes de sanar as lacunas conteudísticas, notadamente, aquelas direcionadas para a competência leitora.

Palavras-chave


Avaliação de Aprendizagem em Processo (AAP); matriz de competência e habilidades; competência leitora

Texto completo:

PDF

Referências


CURADO, O. H. F. Linguagem e dialogismo. In: UNESP – Pró-Reitoria de Graduação. (Org.). Caderno de Formação – formação de professores – didática dos conteúdos. v. 3. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011. p. 26-33.

KLEIMAN, A. Texto e Leitor: Aspectos cognitivos da leitura. 15. ed. Campinas: Pontes Editores, 2013.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de Gestão da Educação Básica. Avaliação da Aprendizagem em Processo. Comentários e recomendações pedagógicas. Subsídios para o Professor de Língua Portuguesa. 8º ano / 1º semestre. São Paulo: Secretaria de Educação, 2015.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de Gestão da Educação Básica. Avaliação da Aprendizagem em Processo. Comentários e recomendações pedagógicas. Subsídios para o Professor de Língua Portuguesa. 8º ano / 2º semestre. São Paulo: Secretaria de Educação, 2015.

SOLÉ, I. Estratégias de Leitura. Tradução de Cláudia Schilling. 6. ed. Porto Alegre: ArtMed, 1998.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v46i2.1689

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)