Relações retóricas e tipos de argumentos: um estudo das correlações possíveis

Juliano Desiderato Antonio, Virginia Maria Nuss

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar os tipos de argumentos utilizados em textos argumentativos e as relações retóricas emergentes desses argumentos, assim como as correlações possíveis entre as relações retóricas e os tipos de argumentos. O córpus da pesquisa é formado por 100 redações do gênero resposta argumentativa produzidas para o vestibular de verão/2013 da UEM. A tipologia dos argumentos utilizada na análise tem por base a Nova Retórica, de Perelman e Olbrechts-Tyteca (2005). No que diz respeito à taxonomia das relações retóricas, o trabalho se baseia em Mann e Thompson (1988). Os resultados demonstram correlações recorrentes entre tipos de argumentos e relações retóricas. Isso evidencia a possibilidade de mapear as relações discursivo-argumentativas existentes nas proposições relacionais que emergem das porções textuais do gênero analisado.


Palavras-chave


RST; Nova Retórica; relações retóricas; argumentação

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIO, J. D. Detecting central units in argumentative answer genre: signals that

influence annotator’s agreement. Actas del XXXI Congreso de la Sociedad Española para

el Procesamiento del Lenguaje Natural. Anais... Alicante (Espanha): Sociedad Española

para el Procesamiento del Lenguaje Natural, 2015.

AZAR, M. Argumentative Text as Rhetorical Structure: An Application of Rhetorical

Structure Theory. Argumentation, v. 13, p. 97-114, 1999.

CARLSON, L.; MARCU, D. Discourse Tagging Reference Manual. Los Angeles:

University of Southern California, 2001.

FIORIN, J. L. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2015.

MANN, W. C.; THOMPSON, S. A. Relational propositions in discourse. Los Angeles:

Information Sciences Institute, 1983.

MANN, W. C.; THOMPSON, S. A. Rhetorical Structure Theory: Toward a Functional Theory of Text Organization.

Text, v. 8, n. 3, p. 243-281, 1988.

MANN, W. C.; THOMPSON, S. A. The Structure of Discourse and ‘subordination’. In: HAIMAN, J.; THOMPSON,

S. (Ed.). Clause Combining in Grammar and Discourse. Amsterdam/Philadelphia: J.

Benjamins, 1988. p. 275-329.

MENEGASSI, R. J. A escrita na formação docente inicial: influências da iniciação à

pesquisa. Signum: Estudos da Linguagem, v. 14, n. 1, p. 387-419, 2011.

PERELMAN, C.; OLBRECHTS-TYTECA, L. Tratado de argumentação: nova retórica. Tradução de Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2005.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v47i2.1935

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)