A (in)flexibilidade pragmática na fala da criança e os erros no processo de aquisição da linguagem

Irani Rodrigues Maldonade

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar alguns erros no processo de aquisição da linguagem relacionados à aquisição do léxico e algumas expressões linguísticas na fala de crianças brasileiras. No interacionismo proposto por De Lemos (desde 1982), a linguagem não é reduzida ao papel de ferramenta social, puramente instrumental. Ela é a condição necessária para o processo de aquisição da linguagem, sendo o diálogo tomado como unidade de análise, de modo que a relação estrutural entre a fala da criança e seu(s) interlocutor(es) pode ser cotejada. Os resultados da análise de dados indicam que a linguagem deve ser “apre(e)ndida” na sua relação instável de interioridade e “exterioridade” no diálogo. Os erros na fala das crianças não tomam, necessariamente, o mesmo referencial já cristalizado pelos usos da língua adulta. Eles constituem o seu próprio eixo “provisório” para o estabelecimento de relação/identificação, ou seja, mostram a flexibilidade pragmática nas marcas do sujeito no seu processo de aquisição da linguagem.

Palavras-chave


aquisição da linguagem; erros; interacionismo; flexibilidade pragmática

Texto completo:

PDF

Referências


BATES, E. The acquisition of pragmatic competence. Journal of Child Language, v. 1, n. 2, p. 277-282, 1974.

BENVENISTE, E. Problemas de Linguística Geral I. 4. ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 1995.

CASTRO, M. F. P. Sobre o (im)possível esquecimento da língua materna. In: LIER-DE-VITTO, M. F.; ARANTES, L. (Orgs.). Aquisição, Patologias e Clínica de linguagem. São Paulo: Editora PUC-SP EDUC, 2006. p. 135-148.

DASCAL, M. Fundamentos metodológicos da Linguística. Pragmática. v. IV. Campinas: Editora da UNICAMP, 1982.

DE LEMOS, C. G. Sobre a aquisição da linguagem e seu dilema (pecado) original. Boletim da Abralin, n. 3, p. 97-126, 1982.

DE LEMOS, C. G. Los processos metafóricos y metonímicos como mecanismo de cambio. Substratum, n. 1, p. 121-135, 1992.

DE LEMOS, C. G. Língua e discurso na teorização sobre aquisição da linguagem. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 30, n. 4, p. 9-28, 1995.

DE LEMOS, C. G. Das vicissitudes da fala da criança e de sua investigação. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, n. 42, p. 41-69, 2002.

FIGUEIRA, R. A. A Palavra divergente. Previsibilidade e imprevisibilidade nas inovações lexicais na fala de duas crianças. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 26, p. 49-80, 1995.

FIGUEIRA, R. A. O que a investigação sobre o erro na fala da criança deve a Saussure. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 52, n. 1, p. 115-143, 2010.

FRANCHI, C. Linguagem: atividade constitutiva. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 22, p. 9-39, 1992.

JAKOBSON, R. Ensayos de Linguística General. Tradução de J. Pujol e J. Cabanes. Barcelona: Editorial Seix Barral, 1974.

MALDONADE, I. R. Erros na aquisição de verbos com alternância vocálica: uma análise sócio-interacionista. 1995. 210 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1995.

MALDONADE, I. R. Erros na aquisição da flexão verbal: uma análise interacionista. 2003. 167 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

MALDONADE, I. R. Erros na aquisição da flexão verbal: reflexividade e constituição do paradigma verbal. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 462-476, 2010.

MALDONADE, I. R. Algumas considerações sobre o erro e a autocorreção no processo de aquisição da linguagem. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 40, n. 2, p. 539-552, 2011.

MALDONADE, I. R. O erro e a autocorreção na relação da criança com a língua. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 41, n. 2, p. 403-418, 2012.

MALDONADE, I. R. Instâncias da língua na fala da criança. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 43, p. 666-678, 2014.

SAUSSURE, F. Curso de Linguística Geral. São Paulo: Cultrix, 1972.

SAUSSURE, F. Escritos de Linguística Geral. Organizado e editado por Simon Bouquet e Rudolf Engler. São Paulo: Cultrix, 2002.

TOMASELLO, M. The social-pragmatic theory of word learning. Pragmatics, v. 10, n. 4, p. 401-413, 2000.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v47i2.2033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)