Uma leitura de fotografias do rosto de Dilma Rousseff

Sidnay Fernandes dos Santos

Resumo


Este estudo apresenta uma análise do percurso de circulação da fotografia 3x4 do rosto de Dilma Rousseff que consta numa ficha criminal da Polícia do Estado de São Paulo. O corpus de análise é constituído por textos que circularam durante as campanhas eleitorais de 2010 e de 2014 em revistas e jornais impressos e eletrônicos. A pesquisa está embasada no quadro teórico-metodológico da Análise do Discurso proposta por Maingueneau (1984; 2007; 2008; 2010; 2014) e numa abordagem teórica acerca da fotografia e do fotojornalismo a partir dos estudos de Barthes (1984), Buitoni (2011), Kossoy (2007; 2009), Flusser (2011) e Sontag (2004), na perspectiva de compreender os modos de circulação de discursos e de retomadas e reformulações de já-ditos, cujos sentidos podem adquirir grandes potencialidades enunciativas.


Palavras-chave


análise do discurso; fotografia; Dilma Rousseff; percurso de sentido.

Texto completo:

PDF PDF

Referências


AMARAL, R. B. A vida quer é coragem: a trajetória de Dilma Rousseff, a primeira presidenta do Brasil. Rio de Janeiro: Sextante, 2011. 304 p.

BARTHES, R. A câmara clara: nota sobre a fotografia. Ed. Nova Fronteira, 1984 185 p.

BELTING, H. Médium, image, corps. Une introduction au sujeet. In: Pour une anthropologie des images. Paris: Galimard, 2004, p.17-76.

BUITONI, D. S. Fotografia e jornalismo: a informação pela imagem. São Paulo: Saraiva, 2011. 195 p.

COURTINE, J.-J.; HAROCHE, C. História do rosto: exprimir e calar as suas emoções (do século XVI ao início do século XIX). Lisboa: Teorema, 1988. 256 p.

CURCINO, L. Práticas de leitura contemporâneas: representações discursivas do leitor inscritas na revista Veja. 2006. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2006. 334 p.

DUBOIS, P. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Papirus, 2011. 362 p.

FERREIRA, S. V. Retratos do Brasil – O prêmio Esso e a construção da memória do fotojornalismo brasileiro. 2008. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2014.

FLUSSER, V. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. São Paulo: Annablume, 2011. 134 p.

GOMES, R. S. Relações entre linguagens no jornal: fotografia e narrativa verbal. Niterói: EdUFF, 2008. 142 p.

GUILHAUMOU, J. Linguística e história: percursos analíticos de acontecimentos discursivos. São Carlos: Pedro & João Editores, 2009. 250 p.

KOSSOY, B. Fotografia & história. 2. ed. rev. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001. 184 p.

KOSSOY, B. Os tempos da fotografia: o efêmero e o perpétuo. São Paulo: Ateliê Editorial, 2007. 176 p.

KOSSOY, B. Realidades e ficções na trama fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 2009. 152 p.

MAINGUENEAU, D. Novas tendências em Análise do Discurso. 3. ed. Campinas: Pontes: Ed. da UNICAMP, 1997[1987]. 200 p.

MAINGUENEAU, D. Análise de textos de comunicação. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2004. 304 p.

MAINGUENEAU, D. Gênese dos discursos. Curitiba: Criar, 2007[1984]. 186 p.

MAINGUENEAU, D. Formações discursivas, unidades tópicas e não tópicas. In: BARONAS, R. L. (Org.). Análise do discurso: apontamentos para uma história da noção-conceito de formação discursiva. São Carlos/SP: Pedro & João Editores, 2007. 222 p.

MAINGUENEAU, D. Cenas da enunciação. São Paulo: Parábola, 2008. 184 p.

MAINGUENEAU, D. Doze conceitos em análise do discurso. São Paulo: Parábola, 2010. 208 p.

MAINGUENEAU, D. Frases sem texto. São Paulo: Parábola Editorial, 2014. 200 p.

SANTOS, S. F. Dizeres sobre corrupção na mídia impressa brasileira: uma leitura discursiva. 2010. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Centro de Ciências Humanas e Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010. 121 p.

SONTAG, S. Sobre fotografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. 224 p.

SUWWAN, L. Retrato de Dilma guerrilheira vira ícone petista. 16/08/2010. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2014.

VOSS, J. A propósito das noções de fórmula e de percurso para a análise de discurso. Revista Prolíngua, v. 6, n.1, jan./jun. 2011.

http://revistaepoca.globo.com/edicoes-anteriores/p/9/.

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI163155-15223,00-DILMA+NA+LUTA+ARMADA.html. Acesso em: 20 jul. 2012.

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/dilma-rousseff/dilma-usa-ficha-falsa-em-video-oficial-de-campanha,682412948ad08410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cp05042009.htm.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dilma_Rousseff

http://saraiva13.blogspot.com.br/2014/08/mais-de-5-mil-avatares-em-apoio-dilma.html. Acesso em: 30 jun. 2015.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v45i3.739

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)