Segmentação não-convencional de palavras em textos de alunos de quinta série do Ensino Fundamental: uma análise prosódica

Fabiana Cristina Paranhos

Resumo


Neste artigo analisamos segmentações não-convencionais de palavra encontradas em seis diferentes produções escritas, de alunos de sexto ano (antiga quinta série) do Ensino Fundamental. Por meio de análises quantitativa e qualitativa, buscamos descrever as características prosódicas que podem ter motivado as híper e as hipossegmentação de palavras encontradas nos 606 textos investigados. Apresentamos evidências, a partir das estruturas prosódicas identificadas no córpus, de ser a grafia dos elementos clíticos um desafio aos alunos do sexto ano do EF. A respeito da que classe gramatical a pertencem os clíticos grafados não-convencionalmente, concluímos que essas grafias dizem respeito à dificuldade desses alunos em grafar categorias gramaticais expressas por monossílabos não-acentuados, como por exemplo, preposições (“em, de, com”) e pronomes (“me, lhe, lo”).

Palavras-chave


prosódia; convenções ortográficas; oralidade; letramento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)