Por que o português não veio do latim?: uma análise historiográfica da Gramática Pedagógica do Português Brasileiro

Marcelo Alessandro Limeira dos Anjos, Meryane Sousa Oliveira

Resumo


Este trabalho visa analisar o tratamento dispensado à origem histórica da língua portuguesa na Gramática Pedagógica do Português Brasileiro (doravante GPPB), de autoria de Marcos Bagno (2011). O objetivo geral é averiguar, na obra, o tratamento dado pelo autor à origem da língua portuguesa, contrapondo-o à perspectiva adotada por autores brasileiros que fizeram algum tipo de Linguística Histórica e aos dados verificados nas demais produções do autor. Para tanto, foram analisadas informações trazidas nos materiais que serviram de fontes para a pesquisa, sobretudo quanto à retórica do autor, a fim de perceber as prováveis razões para o afastamento ou aproximação dele à tese da origem latina do português. Para a análise, utilizou-se a proposta teórico-metodológica de Koerner (2014) e a proposta desenvolvida por Bastos e Palma (2008) sobre a investigação de objetos contemporâneos relacionados a uma perspectiva historiográfica. As análises apontam para continuidades e descontinuidades no tratamento da história da língua portuguesa que podem ser consideradas a partir da retórica adotada pelo autor em diferentes obras. É possível, pois, destacar que Bagno, na GPPB, apresenta uma retórica aparentemente descontinuísta com relação aos estudos histórico-linguísticos tradicionais, uma vez que, no restante de suas obras, inclusive nas posteriores à GPPB, sobressai-se um discurso continuísta em relação à tradição.


Palavras-chave


Historiografia Linguística. Gramática brasileira. Origem do português.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21165/gel.v15i2.2126

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.