Da elaboração de um glossário colaborativo à discussão sobre os termos “inglês para aviação” e “inglês aeronáutico”

Patricia Tosqui-Lucks, Ana Lígia Barbosa de Carvalho e Silva

Resumo


Neste artigo discutimos a necessidade de harmonização de termos na área de aviação, apresentamos aspectos teóricos e metodológicos empregados na elaboração de um glossário bilíngue colaborativo de inglês aeronáutico e, por fim, realizamos a discussão de dois termos fundamentais não só ao glossário, mas à área de aviação em si: “inglês para aviação” e “inglês aeronáutico”, justificando a necessidade de diferenciação dos dois termos.


Palavras-chave


glossário colaborativo; inglês para aviação; inglês aeronáutico; linguagem da aviação; inglês para fins específicos

Texto completo:

PDF

Referências


AEROFILES. AvSpeak: a glossary of aviation terms and abbreviations. Disponível em: http://www.aerofiles.com/glossary.html. Acesso em: 25 ago. 2019.

ANAC. Anacpédia: dicionários. Disponível em: https://www2.anac.gov.br/anacpedia/glossario.htm. Acesso em: 25 ago. 2019.

BARBOSA, M. A. Dicionário, vocabulário, glossário: concepções. In: ALVES, M. I. (org.). A constituição da normalização terminológica no Brasil. Cadernos de Terminologia n. 1. 2. ed. São Paulo: Humanitas, 2001. p. 23-45.

BARROS, L. A. Curso Básico de Terminologia. São Paulo: Edusp, 2004.

BIESWANGER, M. Aviation English: Two distinct specialized registers? In: SCHUBERT, C.; STOCKHAMMER, C. S. (Ed.). Variational Text Linguistics: Revisiting Register in English. Berlin/Boston: De Gruyter Mouton, 2016. p. 67-86.

BITES GONÇALVES, S. S. Open to Talk – emergências: um glossário português/inglês para as comunicações radiotelefônicas entre pilotos e controladores de tráfego aéreo. 2017. Dissertação (Mestrado em Estudos da Tradução) – Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em: http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UNB_a9cfb446a885cc07ec3d40a67bc35ca0. Acesso em: 25 ago. 2019.

BITES GONÇALVES, S. S. A terminologia e a tradução como ferramentas às comunicações especializadas: um glossário bilíngue voltado às comunicações radiotelefônicas entre pilotos e controladores de tráfego aéreo. In: SCARAMUCCI, M. V.; TOSQUI-LUCKS, P.; DAMIÃO, S. M. (org.). Pesquisas sobre inglês aeronáutico no Brasil. Campinas: Pontes Editores, 2018. p. 49-67.

BOCORNY, A. E. P. Descrição das unidades especializadas poliléxicas nominais no âmbito da aviação: subsídios para o ensino de inglês para fins específicos (ESP). Porto Alegre: UFRGS, 2008. Tese (Doutoramento em Letras), Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2008. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/15548. Acesso em: 25 ago. 2019.

BOCORNY, A. E. P. Panorama dos estudos sobre a linguagem da aviação. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 11, n. 4, p. 963-986, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982011000400009. Acesso em: 17 set. 2018.

BOROWSKA, A. P. Avialinguistics: The Study of Language for Aviation Purpose. Frankfurt: Peter Lang, 2017.

ESTIVAL, D.; FARRIS, C. Aviation English as a lingua franca. In: ESTIVAL, D.; FARRIS, C.; MOLESWORTH, B. Aviation English: A lingua franca for pilots and air traffic controllers. Nova Iorque: Routledge, 2016. p. 1-18.

EUROCONTROL. Apresentação website institucional. Disponível em: https://ext.eurocontrol.int/lexicon/index.php/Main_Page. Acesso em: 07 mar. 2020.

FERREIRA, A. B. de H. Novo dicionário Aurélio de língua portuguesa. 3. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

GRUPO DE INGLÊS AERONÁUTICO/GEIA. Apresentação website institucional. Disponível em: http://pesquisa.icea.gov.br/geia/. Acesso em: 28 set. 2018.

GUINDA, C. S. A three multidimensional approach to Aeroenglish: distinctive features and professional uses. In: LÓPEZ, Á. L.; JIMÉNEZ, R. C. (ed.). Professional English in the European Context: The EHEA Challenge. Bern - Switzerland: Peter Lang, 2010. p. 243-267.

HINRICH, S. W. The use of Questions in International Pilot and Air traffic Controller Communication. 2008. Tese (Doutorado). Departamento de inglês. Graduate College of Oklahoma State University, Estados Unidos,. 2008. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/63a8/97bb4a9fdd31d22755f48e1c7161d4b04233.pdf. Acesso em: 25 ago. 2019.

KRIEGER, M. da G.; FINATTO B. J. M. Introdução à Terminologia: teoria e prática. São Paulo: Ed. Contexto, 2004.

LEPRI, L. A elaboração de um glossário bilíngue para a área da aviação. 2017.Tese (Doutorado em Estudos da Tradução) – Centro de Comunicação e Expressão, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017.

MARINOTTO, D. Para a elaboração de um vocabulário especializado bilíngue (inglês/português) da linguagem da aviação. 1995. Tese (Doutorado em Linguística) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, 1995.

MITSUTOMI, M.; O'BRIEN, K. Fundamental aviation language issues addressed by new proficiency requirements. ICAO Journal, Montreal, v. 59, n. 1, p. 7-9, p. 27, 2004.

MUNDO AERO. Glossário da Aviação | Mundo Aero. Disponível em: http://mundoaero.blogspot.com/2009/11/glossario-da-aviacao.html. Acesso em: 25 ago. 2019.

ORGANIZAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL INTERNACIONAL/OACI. Manual on the implementation of ICAO language proficiency requirements: Doc. 9835 AN/453. 2. ed. Montreal, 2010.

PACHECO, A. (org.). English for Aviation: guidelines for teaching and introductory research. Porto Alegre: Edipucrs, 2019.

SCARAMUCCI, M. V. R. O Exame de proficiência em língua inglesa para controladores de voo do SISCEAB: uma entrevista com Matilde Scaramucci. Aviation in focus, Porto Alegre, v. 2, n.1, p. 3-12, jan./jul. 2011. Disponível em: http://www.icea.gov.br/pesquisa/geia/artigos/scaramucci_entrevista.pdf. Acesso em: 25ago. 2019.

SCARAMUCCI, M. V. R.; TOSQUI-LUCKS, P.; DAMIÃO, S. M. (org.). Pesquisas sobre inglês aeronáutico no Brasil. Campinas: Pontes Editores, 2018.

SILVA, A. L. B. C. Uma análise de necessidades de uso da língua inglesa por oficiais aviadores do Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira. 2016. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000973844&opt=1. Acesso em: 25 ago. 2019.

SILVA, E. T. F. da. Dicionário técnico bilíngue Inglês-Português da subárea do Check-list. 2009. Dissertação (Mestrado em Semiótica e Linguística Geral) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-04122009-160058/pt-br.php. Acesso em: 25 ago. 2019.

SKYBRARY. Electronic repository of safety knowledge related to flight operations, air traffic management (ATM) and aviation safety in general. Disponível em: https://www.skybrary.aero/index.php/Main_Page#operational-issues. Acesso em: 25 ago. 2019.

TAJIMA, A. Fatal miscommunication. World Englishes, Oxford, UK, v. 23, n. 3, p. 451-470, 2004. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/epdf/10.1111/j.0883-2919.2004.00368.x. Acesso em: 25 ago. 2019.

TOSQUI-LUCKS, P. et al. Ensino e Avaliação de Língua Inglesa para Controladores de Tráfego Aéreo como Requisito de Segurança em Voo. Conexão Sipaer, Brasília, v. 1, n. 7, p. 44-54, 2016. Disponível em: http://conexaosipaer.cenipa.gov.br/index.php/sipaer/article/view/383/326. Acesso em 25 ago. 2019.

TOSQUI-LUCKS, P. Aplicações de Corpora no ensino e na avaliação de Inglês Aeronáutico: estado da arte, reflexões, direcionamentos. In: SCARAMUCCI, M. V. R.; TOSQUI-LUCKS, P.; DAMIÃO, S. M. (org.). Pesquisas sobre Inglês Aeronáutico no Brasil. Campinas: Pontes, 2018. p. 89-111.

TRIPPE, J.; PEDERSON, E. Aviation English Intelligibility. In: 19th INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON AVIATION PSYCHOLOGY, 2017, Dayton. 2017. p. 281-286. Disponível em: https://corescholar.libraries.wright.edu/isap_2017/7. Acesso em: 25 ago. 2019.

TRIPPE, J. Aviation English is distinct from Conversational English: Evidence from prosodic analyses and listening performance. 2018. Tese (Doutorado em Linguística) – Departamento de Linguística, Oregon University, USA, 2008. Disponível em: https://scholarsbank.uoregon.edu/xmlui/handle/1794/23925. Acesso em: 25 ago. 2019.

WANG, A. Reassessing the position of Aviation English from a special language to English for Specific Purposes. Ibérica – Revista de la Asociación Europea de Lenguas para Fines Específicos. Espanha, v. 15, p.151-164, 2008. Disponível em: https://bit.ly/2zacaBJ. Acesso em: 25 ago. 2019.

WILLIAMS, G. J. Solutions for Improving the Safety of Aviation Communication: An investigation of Pilots' and Air Traffic Control Officers' Opinions on Aviation English. 2016. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada e TESOL) – University of Leicester, Great Britain, 2016.




DOI: https://doi.org/10.21165/el.v49i1.2561

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)