Aspectos (inter) culturais na análise de atividades de um livro didático de língua inglesa vinculada à proposta de mudanças

Olena Kovalek

Resumo


A relevância e a necessidade de inclusão dos aspectos culturais no ensino e aprendizagem de Língua Inglesa vêm proporcionando vários estudos na área de Linguística Aplicada. Esse fato justifica-se na medida em que o ensino e aprendizagem de línguas não deve ser desvinculado dos seus aspectos linguísticos. Dessa forma, neste artigo, partimos do desenvolvimento da abordagem comunicativa sustentada pelo conceito de competência comunicativa e consideramos a divisão de competências proposta por Canale (1983, apud Viana, 2003) para, então, destacarmos a competência sociolinguística. Esta competência influenciou o ensino e aprendizagem de LE por considerar que os alunos, além do conhecimento gramatical, devem desenvolver também a habilidade de saber usar a língua de maneira socialmente e culturalmente apropriada. Então, o professor deve auxiliá-los num processo intercultural em sala de aula (BARBOSA, 2007; BYRAM; GRIBKOVA; STARKEY, 2002; VIANA, 2003). Dessa maneira, analisamos uma unidade inserida num livro didático de Língua Inglesa, usado em cursos de idiomas, que propõe atividades interculturais e propomos mudanças em algumas dessas atividades que se dizem interculturais, mas que não sustentam essa dimensão intercultural.

Palavras-chave


língua-cultura; livro didático; interculturalidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)