Avaliação de compreensão nas afasias: o limite dos instrumentos metalinguísticos e a contribuição das análises discursivas

Renata Viana Ensinas Fugiwara, Rosana do Carmo Novaes-Pinto

Resumo


Este trabalho discute criticamente o conceito de compreensão subjacente à literatura tradicional em neurolinguística e reflete sobre sua avaliação na afasia. Diferentemente da produção de linguagem, que pode ser analisada em sua materialidade, a compreensão só pode ser abordada indiretamente. Diversos testes foram desenvolvidos com o objetivo de entender o que pode estar ocorrendo durante a recepção da linguagem. Teorias estruturais postulam modelos idealizados que a concebem em oposição à produção, nos quais há um emissor que codifica a mensagem e um receptor que a decodifica. Por meio de análises de alguns dados que emergiram em situações experimentais, argumentamos sobre os limites dos modelos abstratos que prevalecem na literatura, confrontando-os ao conceito bakhtiniano de compreensão responsiva, coerente com a neurolinguística discursiva que desenvolvemos.

Palavras-chave


compreensão na afasia; Neurolinguística; avaliação de linguagem na afasia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Estudos Linguísticos (São Paulo. 1978)