Abordagem hierárquica da gramaticalização de construções clivadas em interrogativas de conteúdo

Michel Gustavo Fontes

Resumo


Este artigo objetiva contribuir com o delineamento de uma abordagem hierárquica da gramaticalização. Para tanto, a atenção se volta para a estrutura das interrogativas de conteúdo do português, especificamente para a clivagem do constituinte interrogativo por meio da construção-é que e da construção -que. Com base no aparato teórico-metodológico da Gramática Discursivo-Funcional (HENGEVELD; MACKENZIE, 2008), são distinguidos, na diacronia do português, quatro padrões de estruturação das clivadas nas interrogativas de conteúdo. A partir disso, este trabalho defende que a emergência da construção-é que e da construção-que, nas interrogativas de conteúdo do português, representa um caso de gramaticalização e aponta para mecanismos de análise que, no interior da GDF, dão conta de abordar hierarquicamente tal processo de mudança linguística.

Palavras-chave


Gramaticalização; Interrogativas de Conteúdo; Clivagem; Gramática Discursivo-Funcional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21165/gel.v15i1.1844

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.